Mãe suspeita de matar os dois filhos em Alenquer fica em prisão preventiva

A decisão foi tomada ao princípio da tarde pelo Tribunal de Vila Franca de Xira.

Foto
A audiência de Kely Santos, suspeita de matar os dois filhos, durou duas horas no Tribunal de Vila Franca de Xira

Os moradores gritaram ao ver Kely Oliveira Santos sair do primeiro interrogatório pela Polícia Judiciária. Ela vai aguardar julgamento em prisão preventiva. A decisão foi tomada no início da tarde pelo juiz de turno no Tribunal de Vila Franca de Xira.

A mãe é suspeita de ter provocado o incêndio que matou os dois filhos pequenos em Alenquer. A mulher esteve desaparecida desde o sucedido,  na semana passada, tendo sido detida no domingo pela GNR, na vila de Castanheira do Ribatejo, concelho de Vila Franca de Xira. 

A audiência começou às 10h30 e durou duas horas. A advogada oficiosa nomeada para a defender não quis, à saída, prestar declarações. Ao PÚBLICO confirmou apenas que o tribunal optou pela medida de coacção mais gravosa, prisão preventiva, mas preferiu não tecer qualquer comentário sobre o estado de espírito de Kely Santos, nem sobre o relato que fez dos acontecimentos perante o juiz.

Escassos minutos depois da audiência, cerca das 12h30, dois agentes da PJ  acompanharam a arguida ao carro descaracterizado com que regressaram a Lisboa. Kely Santos aparentava alguma tranquilidade, apesar de alguns gritos de revolta de habitantes de Vila Franca, que se encontravam nas proximidades.

Kely Santos foi detida no início da tarde de domingo depois de ter pedido boleia a um homem que circulava naquela vila. Uma patrulha da GNR reconheceu-a, mandou parar a viatura e deteve a mulher. A imigrante brasileira terá ligado, na noite de dia 20, para a sogra, anunciando que matara os dois filhos, com um e três anos.

GNR e Bombeiros deslocaram-se rapidamente à casa onde estavam as crianças, na localidade de Preces (concelho de Alenquer), conseguiram dominar o fogo em cerca de dez minutos, mas as duas crianças acabaram por morrer supostamente por causa da inalação de fumos.