Rapture: uma publicação feita à moda antiga

Designer Ana Ferreira criou um livro que recupera técnicas manuais de escrita. Uma publicação para amantes de literatura

Numa era em que a tecnologia é a base para fazer quase tudo, a publicação Rapture - The written word issue vem matar as saudades de todos os que apreciam as antigas técnicas manuais de escrita. O livro foi um dos seleccionados no concurso Jovens Criadores 2012 e vai estar exposto até 15 de Janeiro de 2013 no Mercado Municipal de Cascais.

A autora do livro Rapture é a designer Ana Ferreira, que contou ao P3 que “os livros demoraram cerca de quatro meses a ser finalizados”. No total criou 20 exemplares todos produzidos à mão e com um "cunho muito pessoal".

A serigrafia, a tipografia de caracteres móveis, o “nylon print” e a gravura em linóleo foram as principais técnicas de impressão utilizadas pela designer que tentou transportar toda a "plasticidade" dessas ferramentas para fazer a composição visual do Rapture.

Sendo um livro feito, essencialmente, para todos os “amantes das técnicas de escrita tradicional e da literatura”, os leitores vão poder encontrar na publicação textos originais escritos por Pedro Ferreira sobre a palavra escrita, citações do escritor Jorge Luis Borges sobre a literatura e uma série de postais que apresentam a interpretação gráfica de Ana Ferreira em relação a sete livros que marcaram a sua vida de forma especial.

Segundo Ana Ferreira, as pessoas querem cada vez mais sujar as mãos na hora de fazer projectos artísticos

Mas o que levou Ana Ferreira a optar pelas antigas técnicas de produção de texto? O projecto surgiu como a "ferramenta ideal” para “exaltar o valor da palavra escrita” e para mostrar a sua “paixão pela literatura". Por isso, esta edição “centra-se no prazer tirado da apreciação da palavra escrita”.

O retorno da impressão tradicional

Apesar das vantagens que a tecnologia digital veio trazer à área do design, Ana Ferreira acredita que “o gosto pelas técnicas mais tradicionais está a voltar". A diferença é que nos tempos actuais estas estão a ser aproveitadas numa "nova perspectiva” do ponto de vista criativo. 

Para já, os exemplares destes livros podem ser adquiridos no site da designer e podem ser vistos no Mercado Municipal de Cascais, em Lisboa, até 15 de Janeiro. Em relação ao futuro, Ana Ferreira não esconde que já sonha com outras edições.