Com política do PCP "Portugal ficaria só com pobres", diz Passos

O primeiro-ministro criticou esta sexta-feira o PCP por ser "o partido mais conservador do espectro político português" ao recusar todas as reformas. E atacou a alternativa comunista.

Foto
Jerónimo de Sousa acusou o Governo de ser "responsável pelo alastramento da pobreza" Enric Vives-Rubio

O líder comunista respondeu:"Até parece mentira. O seu Governo é responsável pelo alastramento da pobreza em Portugal". No frente a frente com o primeiro-ministro Jerónimo de Sousa começou por lembrar a frase de Passos Coelho "Que se lixem as eleições", considerando que é o PSD e o CDS que vão ser penalizados nas urnas.

O primeiro-ministro lembrou que falava enquanto líder do PSD e por isso apenas em nome do seu partido. Mas reconheceu que o seu trabalho em prol do país não é reconhecido. "Nem sempre conseguimos obter o reconhecimento. Espero que esse reconhecimento possa acontecer", afirmou.