Braga: a capital da juventude acaba com projectos por concluir

O projecto GeNeRation foi apresentado como a “grande obra” de Braga 2012, mas "só em Fevereiro será inaugurado apesar de estar praticamente pronto”

A Capital Europeia da Juventude (CEJ) Braga 2012 termina este sábado com 10 horas de programação, mas também com os projectos apresentados como “ancora” por concluir, como a sede do evento e a nova Pousada da Juventude.

O “quartel-general” de Braga 2012 estava projectado para o antigo espaço da GNR, que se transformaria no GeNeRation, enquanto a Pousada da Juventude seria instalada no antigo Convento de S. Francisco, depois de regenerado.

Também o projecto “Encaixa-te”, que pretendia proporcionar a jovens que desenvolvessem uma ideia de negócio numa loja devoluta da cidade, sofreu críticas e o ano acabará com apenas dois projectos instalados, dos cinco aprovados.

O projecto GeNeRation foi apresentado como a “grande obra” de Braga 2012, orçado em 2,4 milhões de euros e com data prevista de abertura, como afirmou à Lusa no início de Braga 2012, em Janeiro, o presidente da Fundação Bracara Augusta, Hugo Pires, “lá para o Verão”.

No entanto, em entrevista à Lusa, Hugo Pires afirmou que o quartel “só em Fevereiro será inaugurado apesar de estar praticamente pronto”. O edifício, descreveu, será a “síntese” da CEJ: “Economia, inovação, criatividade empreendedorismo e associativismo”, albergando o Conselho Municipal de Juventude, um espaço de “co-work”, um “fab lab”, lojas de design e artesanato, restauração e um auditório.

“Será um edifico de vanguarda onde a criatividade, inovação, economia e cultura estarão todas juntas num só sítio, aberto todos os dias, 24 horas por dia, e que quer dar uma nova centralidade, mais arrojada e informada que contamine a zona envolvente”, explanou. No futuro, explicou Pires, a exploração do edifício “será entregue a mãos privadas” mas, assegurou, serão mantidas “algumas políticas públicas” especificadas num contrato programa.

Artes de rua e “muita música”

Quanto ao projecto da Pousada da Juventude, cuja instalação estava pensada para o antigo Convento de S. Francisco, acabou por ser posto de lado porque a candidatura aos fundos europeus, disse, “nunca teve resposta”. No entanto, garantiu, há “disponibilidade” para “encontrar outro espaço” para instalar aquela valência.

Sobre o “Encaixa-te”, o projecto que dava oportunidade de jovens instalarem ideias de negócio em lojas devolutas da cidade sem pagarem renda por seis meses, com benefícios fiscais para os senhorios, Pires afirmou que “não correu mal” embora reconheça críticas. “Até ao final do ano, dois dos cinco projetos estarão instalados.

E estamos a procurar soluções para os restantes. As críticas que surgiram foram relacionadas com os espaços disponíveis que alguns dos jovens consideraram pequenos”, justificou.

As 10 horas da festa de encerramento de Braga 2012 começam às 15h00 deste sábado e incluem concertos, espectáculos, artes de rua e “muita música”.

Sugerir correcção