Recorde o 4-4 entre Benfica e Bayer Leverkusen

Estava-se nos quartos-de-final da Taça das Taças 1993-94 e os “encarnados” foram à Alemanha carimbar o apuramento para as meias-finais.

O sorteio dos 16 avos-de-final da Liga Europa, realizado nesta quinta-feira em Nyon, na Suíça, ditou o reencontro entre Benfica e Bayer Leverkusen. As duas equipas já se conhecem, destacando-se na história comum entre os dois emblemas um empate 4-4 nos quartos-de-final da Taça das Taças 1993-94.

Depois de um 1-1 na primeira mão, na Luz, o Benfica foi ao Estádio Ulrich Haberland carimbar o apuramento para as meias-finais, graças a um novo empate, desta vez 4-4.

Na equipa do Benfica alinharam: Neno, Abel Xavier, William, Hélder, Schwarz, Kulkov, Vítor Paneira, João Pinto, Iuran, Rui Costa e Isaías. O treinador dos “encarnados” era Toni.

A partida em Leverkusen não começou da melhor maneira para o Benfica, que se viu a perder aos 23’. Seria o único golo na primeira parte – nada que fizesse adivinhar os sete que seriam marcados no segundo tempo. Bernd Schuster ampliou a vantagem dos alemães aos 58’, antes de os “encarnados” darem a volta ao resultado, com golos de Abel Xavier, João Pinto e Kulkov.

Mas o Bayer Leverkusen não se iria render: Kirsten e Hapal voltaram a dar vantagem aos alemães. Aos 86’, porém, Kulkov apontou o 4-4 final, resultado com que o Benfica se apurou para as meias-finais da Taça das Taças 1993-94. Passados 20 anos, as duas equipas têm reencontro marcado, desta vez nos 16 avos-de-final da Liga Europa.