Tito Vilanova sofre recaída de doença

O estado de saúde do treinador do Barcelona terá levado o clube a anular a festa de Natal, segundo a imprensa desportiva espanhola.

O estado de saúde de Tito Vilanova suscita preocupação
Foto
O estado de saúde de Tito Vilanova suscita preocupação Josep Lago/AFP

Tito Vilanova foi operado a um tumor na glândula parótida em Novembro do ano passado, e terá agora sofrido uma recaída, lê-se na imprensa desportiva espanhola.

“Vilanova teve uma recaída. O treinador do Barça sofreu uma recidiva do cancro que padeceu em 2011”, afirma o diário catalão Mundo Deportivo, enquanto o Sport, no seu sítio na Internet, escreve “Tito vítima de uma recaída”.

O Barcelona, líder da Liga espanhola, não confirmou esta informação mas anunciou subitamente a “suspensão da conferência de imprensa do presidente Sandro Rosell, prevista para as 12h [11h em Lisboa]”. “O jantar de Natal com a imprensa foi anulado”, refere no mesmo comunicado o clube, acrescentando que “publicará uma nova informação ao longo do dia e que, entretanto, não haverá mais nenhuma declaração sobre esse assunto”.

Vilanova, de 44 anos, foi operado a um tumor na glândula parótida em 22 de Novembro de 2011, tendo recuperado muito rapidamente e voltado a coadjuvar Pep Guardiola a partir de 7 de Dezembro.

O agora treinador principal da formação blaugrana foi escolhido em Abril para suceder a Guardiola, que, após quatro anos a comandar a equipa principal, não quis prorrogar o seu contrato.

No Verão de 2007, depois de ter comandado vários pequenos clubes espanhóis, Vilanova tornou-se adjunto de Guardiola, então no Barcelona B, antes de o antigo médio internacional espanhol assumir a equipa principal em 2008.

Juntos levaram o clube a conquistar 14 títulos: duas Ligas dos Campeões (2009 e 2011), dois Mundiais de clubes (2009 e 2011), três Ligas espanholas (2009, 2010 e 2011), duas Taças do Rei (2009 e 2012), duas Supertaças da Europa (2009 e 2011) e três Supertaças de Espanha (2009, 2010 e 2011).

Após este percurso excepcional, e no final de época de 2011-12 Vilanova enfrentou o desafio de manter o clube catalão no topo, o que tem feito com sucesso, uma vez que o Barcelona lidera a Liga espanhola com nove pontos de vantagem sobre o Atlético de Madrid e 13 sobre o Real Madrid, e está nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões.