Americanos pedem construção da “Estrela da Morte” a Obama

Uma petição no site governamental dos EUA já ultrapassou o mínimo de 25 mil assinaturas necessárias para fazer Barack Obama pronunciar-se quanto à reivindicação: a construção da estação espacial "Death Star", do filme "Star Wars"

"O direito de fazer petição ao governo é garantido pela Primeira Emenda da Constituição dos Estados Unidos", pode ler-se no site "The White House", a plataforma online oficial do governo norte-americano.

Dentro deste site, existe uma página - intitulada "We the People" - direccionada, especificamente, à criação de petições. Para que qualquer petição figure no site, tem de obter, pelo menos, 150 assinaturas, no espaço de um mês. No entanto, durante o mesmo período, qualquer petição que alcançar um mínimo de 25 mil assinaturas tem direito a uma resposta da administração de Obama.

A 14 de Novembro, deu entrada, no We the People, uma petição para que o governo norte-americano assegure recursos e financiamento para, a partir de 2016, começar a construir uma estação espacial semelhante à "Death Star" (Estrela da Morte), do filme "Star Wars".

Os argumentos dos peticionários são simples: "Ao concentrar os nossos recursos defensivos numa plataforma espacial superior e numa arma como uma Estrela da Morte, o governo pode estimular a criação de emprego nas áreas da construção, engenharia, exploração espacial e outras, e fortalecer a defesa nacional".

852.000.000.000.000.000

Um mês depois de ter sido submetida, a petição já conta com mais de 30 mil assinaturas, ultrapassando o mínimo exigido para obter uma resposta de Obama. Afinal, parece que a estação espacial que foi apresentada ao mundo em 1977, no primeiro filme da trilogia original da "Guerra das Estrelas", é mais tangível do que o que aparentava. Ou será que não?

Segundo o blogue de economia Centives, construir uma "Death Star" custaria algo como 852.000.000.000.000.000 de dólares, um valor que nem vale a pena converter para euros. O site chegou a este número depois de calcular o preço do aço em 2012 (segundo o Centives, a "Death Star" parece ser feita de aço) em função da suposta dimensão da dita estação espacial: 140 quilómetros de diâmetro por 1.08 x 1000000000000000 de massa (sim, são 15 zeros).

Isto para não falar do custo da tecnologia de ponta que teria de ser utilizada para recriar um feixe de super-laser capaz de destruir um planeta em escassos segundos, como aconteceu a Alderaan, no filme de 1977, pela mão do terrível Império Galático (ver vídeo acima). Por via das dúvidas, os inimigos políticos dos EUA que se cuidem...

Sugerir correcção