Tame Impala, Frank Ocean, Cohen ou Chromatics entre os mais citados de 2012

É o ritual habitual, as listas de Melhores Álbuns de 2012: Tame Impala, Jack White, Frank Ocean, Leonard Cohen, Kendrick Lamar ou Chromatics estão entre os mais citados pelas publicações internacionais

Foto
O inglês N.M.E. considera que Lonerlism dos australianos Tame Impala é o melhor disco do ano DR

O ano a terminar e as inevitáveis listas de Melhores Álbuns de 2012 a chegar. O ritual repete-se em Dezembro, em todo o mundo. Todos os anos se diz que é quase impossível chegar a uma lista final por causa da profusão de lançamentos, mas todos os anos as mais diversas publicações lançam mãos à tarefa. E lá chegam a um resultado final.

O inglês N.M.E. considera que Lonerlism dos australianos Tame Impala é o melhor, enquanto a revista Q optou por criar uma selecção de 50 álbuns sem hierarquias. Entre eles lá encontramos nomes bem conhecidos como Bat For Lashes, Alt-J, Beach House, Lana Del Rey, Bob Dylan, Richard Hawley ou Frank Ocean.

A revista Uncut optou por colocar no topo um valor seguro – Old Ideas de Leonard Cohen – o mesmo sucedendo com a americana Rolling Stone, que elegeu para no 1º lugar Wrecking Ball de Bruce Springsteen, enquanto a Mojo foi atrás de Blunderbuss de Jack White.

O influente blogue da internet Gorilla vs. Bear não tem dúvidas que Visions da americana Grimes é o melhor registo do ano, enquanto a publicação online Fact Magazine prefere o hip-hop de Kendrick Lamar exposto no magnífico álbum Good Kid, M.A.A.D. City e a Stereogum distinguiu The Idler Wheel, o álbum de regresso da americana Fiona Apple.

A revista francesa Magic fez muito bem em enaltecer as qualidades de Kill For Love dos americanos Chromatics e a americana Paste os dotes soul de Frank Ocean expostos no excelente Channel Orange.

Como se percebe não existe unanimidade sobre o melhor do ano, o que também seria difícil, mas existem nomes que se repetem assiduamente na maior parte das listas. Entre os mais consensuais encontramos Frank Ocean, Leonard Cohen, Jack White, Black Keys, Django Django, Julia Holter, The xx, Tame Impala, Grimes, Alt-J, Beach House, Alabama Shakes, Dirty Projectors, Swans, Kendrick Lamar, Chromatics ou Fiona Apple. Sem dúvida, um bom ano.