Foto

“Circus” português concentra artistas em ascensão no Porto

“Circus” é um projecto criado por dois estudantes para promover o talento de vários artistas portugueses. A nova exposição concentra 40 artistas em 40 locais icónicos do Porto

As placas de madeira com a palavra “Circus” já estão espalhadas pelo centro do Porto. Apontam para várias direcções — e todas no sentido do projecto e da nova exposição “Unleash The Hero Within”.

Ana Muska, licenciada em Design de Comunicação, e André Carvalho, estudante de Marketing, são os responsáveis pela fundação deste projecto, que, apesar de ter surgido em contexto académico, merecia ter continuidade. “Achamos necessária a existência de uma plataforma que agisse de forma directa na divulgação da cultura e de artistas portugueses”, explica Ana.

“Circus” foi o nome escolhido devido às muitas semelhanças entre um circo e o projecto, na medida em que também aqui se recrutam artistas de variadas áreas, desde a fotografia, a ilustração, o design, a arte urbana, a música, o vídeo e a performance.

A mais recente exposição, “Unleash The Hero Within”, engloba a temática dos heróis e “Os Lusíadas”, de Luís de Camões. No dia 24 de Novembro foram lançados 40 artistas em 40 locais simbólicos do Porto. A cada artista foi atribuída uma estrofe da obra que, por sua vez, é interpretada de acordo com o estilo do artista.

Porquê “Os Lusíadas”? “Precisávamos de um tema que servisse de elo de ligação e, como tal, decidimos adoptar 'Os Lusíadas' de Camões. Agora, tal como então, é necessário louvar e enaltecer o esforço e dedicação. E que melhor exemplo para isso que 'Os Lusíadas'? Daí pedirmos a 40 artistas nacionais para interpretarem cada um uma estrofe da obra numa folha de papel 'kraft' de 50x70cm”, esclareceu a designer.

No dia 21 de Dezembro, a “Unleash The Hero Within” vai fixar-se no Plano B, com mais sete artistas, até 18 de Janeiro. Nesse mesmo dia e local, realizar-se-á uma festa com performances musicais de TMSQ, Granada, Min e Monsta b2b Nitronious.

Além desta nova exposição, o “Circus” teve dois eventos anteriores. O primeiro – “Unleash The Animal Within” - ocorreu no Maus Hábitos, no dia 1 de Junho, com doze ilustradores, quatro artistas urbanos e uma festa com música, projecção de vídeo e performances.

O segundo evento – "Circus Posca Nights" – foi no Plano B. Nos dia 3 e 4 de Agosto, as pessoas entravam e podiam desenhar livremente em toda a área do bar, em papel "kraft", que representa a imagem de marca do projecto.

A promoção da arte portuguesa em várias áreas é um objectivo a atingir neste projecto. Pretendem também “fomentar a interactividade entre artistas” e mostrar que “apesar da crise económica não estamos a passar por uma crise cultural, muito pelo contrário”.

Ana e André desejam continuar a desenvolver o projecto e a encontrar novos artistas para divulgar a arte portuguesa. “Achamos que, apesar de jovens e com pouca experiência, estamos a contribuir de forma positiva para o enriquecimento cultural da cidade, e, enquanto sentirmos isto, iremos continuar” afirma Ana.