O mais famoso sem-abrigo do momento afinal tem casa no Bronx

Fotografia de um agente a calçar o sem-abrigo correu o mundo através das redes sociais. Afinal, o homem tem casa própria. Mas continua descalço.

Foto
Turista captou o momento em que o polícia se ajoelha para calçar o homem DR

Jeffrey Hillman ficou famoso nas redes sociais como o sem-abrigo descalço a quem um polícia de Nova Iorque ofereceu um par de botas numa noite fria. A fotografia do momento, tirada por uma turista, emocionou o mundo. Mas nem tudo é o que parece. Afinal, Hillman não é um sem-abrigo e tem um apartamento no Bronx.

Foi durante a ronda nocturna de 14 de Novembro que Lawrence DePrimo, um polícia de 25 anos, encontrou Jeffrey Hillman sentado no passeio encostado à montra de uma loja em Times Square. O homem, de aparência desleixada, estava descalço.

“Estava muito frio e conseguia ver as bolhas nos pés. Eu tinha dois pares de meias e continuava com os pés frios”, disse DePrimo ao jornal norte-americano The New York Times, explicando que começou a falar com ele, para tentar saber o tamanho do calçado dele.

Pouco depois, dirigiu-se a uma loja próxima, gastou cerca de 60 euros num par de botas e ofereceu-as ao homem do qual não sabia nem o nome. O momento em que o polícia se ajoelha para calçar o sem-abrigo foi fotografado por uma turista, Jennifer Foster, que estava de visita à cidade. DePrimo nem sequer se apercebeu de que estava a ser fotografado.

Jennifer enviou a imagem para a polícia de Nova Iorque, que a publicou no Facebook a 27 de Novembro. Nesta terça-feira, tinha mais de 610 mil "likes", 219 mil partilhas e mais de 48 mil comentários. O mundo comoveu-se com a atitude do polícia, mas agora sabe-se que o homem, um ex-militar de 54 anos, afinal, não é um sem-abrigo.

“Ele tem uma casa permanente”, garantiu o comissário dos serviços de apoio aos sem-abrigo de Nova Iorque, Seth Diamond, citado pela televisão norte-americana NBC.

Segundo o mesmo responsável, Hillman foi efectivamente sem-abrigo, em tempos. Porém, em 2009 entrou para um abrigo, antes de alugar uma casa no Bronx em 2011, onde ainda vive. A renda é paga com o subsídio vitalício que recebe do departamento de veteranos de guerra dos Estados Unidos e com o subsídio da segurança social.

Ainda assim, Hillman vagueia pelas ruas de Times Square, normalmente descalço. Depois da noite em que recebeu as botas, foi encontrado pelos repórteres da NBC… novamente descalço. Porquê? O homem argumenta que escondeu as botas porque “valem muito dinheiro” e podem custar-lhe a vida.

Apesar de estar grato pela oferta de DePrimo, Hillman diz agora que quer “uma fatia do bolo” porque a fotografia foi parar à Internet sem que ele tenha dado permissão. “Agradeço o que o agente fez, não me interpretem mal. Gostava que houvesse mais pessoas como ele no mundo”, acrescentou, em declarações ao The New York Times.