Rap Coloring Book: um livro de colorir para adultos que conta a história do hip-hop

Com este tumblr passa a ser socialmente aceitável gostar de livros de colorir. Salvé hip-hop. Salvé Rap Coloring Book

Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR

É um tumblr, mas é muito mais do que isso. Pode até ser um sonho tornado realidade. Com curadoria do rapper norte-americano Bun B, dos saudosos UGK, o Rap Coloring Book é, como está escrito na descrição da página, "um daqueles livros para colorir que os miúdos têm, mas muito menos aborrecido". As ilustrações, que retratam as maiores lendas (e não só) do rap, estão a cargo do jornalista/colunista Shea Serrano e dão vontade de nunca mais largar os lápis de cera e os marcadores. É só imprimir e relaxar.

Lançado há pouco mais de um mês, este tumblr já conta com mais de 20 desenhos para pintar, muitas vezes acompanhados por uma legenda jocosa. Já foi lançado o desafio de completar a bandana mais famosa do rap (salvé Tupac) e continua a decorrer a missão (impossível?) de desenhar as sobrancelhas do Drake.

E a lista continua: um Kanye "pilgrim" West num cartão de Acção de Graças, o arco-íris ambulante Nicki Minaj, "stencils" do Jay Z e da Azealia Banks para decorar a abóbora de Halloween (proposta da MTV), o Lil Wayne a andar de skate. Até já houve um concurso.

O "feedback" tem sido estonteante. As melhores pinturas têm direito ao quadro de honra (toda a gente pode tentar a sua sorte). Mas dentro do hip-hop as reacções também não se fizeram esperar. No Twitter, Jean Grae já ameaçou que tem de estar nesta galeria de retratos; e parece que Killer Mike também já fez o mesmo pedido.

Em entrevista ao blogue Page Views, do New York Daily News, os fundadores arriscam avançar uns quantos desejos futuros: convidar mais rappers, fazer uma "mixtape" com todos os artistas e, por fim, reunir tudo num livro. Tudo isto porquê? Shea Serrano responde: "São tipos que nós respeitamos e só estamos a tentar prestar-lhes uma homenagem."