Mourinho e a contestação: “Se me quiserem assobiar, lá estarei para o fazerem”

O português parte para o derby madrileno debaixo de fogo e sob pressão por causa do atraso pontual face ao Barcelona

Mourinho: "Criticar-me está a tornar-se um desporto nacional"
Foto
Mourinho: "Criticar-me está a tornar-se um desporto nacional" César Manso/AFP

A relação entre José Mourinho e os adeptos do Real Madrid é cada vez mais tensa. Os 11 pontos de atraso que, à entrada para a 14.ª jornada, separam os "merengues" do Barcelona são muito mais fortes do que a conquista do campeonato na época passada.

 

Mourinho tem ouvido assobios em alguns jogos e nesta sexta-feira, na véspera de um embate com o Atlético de Madrid (21h, SPTV1), equipa que chega ao Santiago Bernabéu no segundo lugar da tabela e com oito pontos de avanço sobre o rival, deu o peito às balas: “A mim tanto me assobiam como me aplaudem. A vida é assim no futebol. Amanhã, estarei no Bernabéu. Se me quiserem assobiar, lá estarei”, declarou o técnico na conferência de imprensa que antecedeu o derby. E ainda desabafou: “Criticar-me está a tornar-se um desporto nacional. Aceito-o, porque assim faço feliz muita gente.”
As exibições pouco convincentes, mas, sobretudo, o menor número de pontos em relação ao Barcelona é o que está a deixar os adeptos do Real mais insatisfeitos. Mourinho não dá a Liga como perdida, mas reconhece que o resultado do jogo deste sábado pode tornar as coisas mais complicadas: “As contas fazem-se no fim. Mas não é preciso ser matemático para saber que uma coisa são 14 pontos e outra oito.”
O treinador português tem, contudo, uma relação imaculada com o Atlético de Madrid. Desde que chegou ao Bernabéu, só conhece um resultado perante os "colchoneros", a vitória. Foram seis jogos e seis triunfos. Só que, pelo menos nos últimos anos, nunca o Atlético de Madrid surgiu à frente do Real com tantas possibilidades de lhe bater o pé. Diego Simeone, porém, não quer o estatuto de favorito na partida, apesar dos oito pontos de vantagem da sua equipa na classificação, lembrando que o Real é o campeão em título. E deixou elogios a... Mourinho: “Tenho admiração por ele. É um ganhador. Ganhou em todos os clubes em que esteve, com vários jogadores. É um treinador de quem gosto.”

Sugerir correcção