Um ataque de ansiedade provoca um aumento da temperatura facial DR
Foto
Um ataque de ansiedade provoca um aumento da temperatura facial DR

Efeito Pinóquio: o nariz não cresce mas muda de temperatura

Cientistas espanhóis concluíram que, quando mentimos, o nosso nariz muda de temperatura. Chamam-lhe Efeito Pinóquio

Afinal, a história do Pinóquio não é assim tão absurda — ou improvável — quanto isso: existe mesmo uma relação entre a mentira e o comportamento do nosso nariz. Quando mentimos, o nariz não cresce mas sofre uma alteração de temperatura.

A conclusão é de uma equipa de cientistas do departamento de Psicologia Experimental da Universidade de Granada, Emilio Gómez Milán e Elvira Salazar López, que fizeram uso da termografia para obter estes resultados. O estudo faz parte de uma tese de doutoramento, defendida esta quinta-feira.

Segundo o jornal espanhol “El Mundo”, quando realizamos um “grande esforço mental, a temperatura do nosso nariz desce”. Já quando temos um ataque de ansiedade, a temperatura facial tem tendência a aumentar.

O chamado “Efeito Pinóquio” indica que a temperatura da ponta do nariz aumenta ou diminui de acordo com o nosso estado de espírito. Também a temperatura da zona do músculo orbital, “na esquina interna do olho”, sofre o mesmo tipo de variação.