Torne-se perito

Roberto Di Matteo despedido do Chelsea

Foto
Giuseppe Cacace/AFP

O treinador do Chelsea Roberto Di Matteo vai deixar o clube, foi anunciado oficialmente esta quarta-feira. O italiano tinha assinado contrato com o Chelsea, em Junho, por dois anos. A sua saída surge depois da derrota do clube na Liga dos Campeões.

O Chelsea perdeu (3-0) na terça-feira frente à Juventus, em Turim, por 3-0, na fase de apuramento para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Perante o risco de eliminação da competição e depois dos fracos resultados na Premier League - o Chelsea desceu da primeira para o terceiro lugar  -, o clube reavaliou a situação de Di Matteo.

“As recentes performances e resultados da equipa não foram bons o suficiente e o proprietário [do Chelsea, o russo Roman Abramovich] e o conselho de administração consideraram que é necessária uma alteração para que o clube continue a seguir no bom caminho quando nos aproximamos de uma parte vital da época”, lê-se num comunicado do emblema londrino.

Di Matteo é o sétimo treinador a ser afastado do cargo de treinador por Roman Abramovich desde que o russo adquiriu o clube em 2003.

O nome do sucessor de Di Matteo ainda não foi anunciado. O treinador italiano tinha sido contratado no decurso da temporada transacta, para substituir o português André Villas-Boas. O ex-treinador do FC Porto também não sobreviveu à falta de resultados desportivos.

Di Matteo acabou por liderar o Chelsea até à conquista da Liga dos Campeões, o título mais signifactivo na carreira dos blues desde que Abramovich adquiriu o clube. 
 
 
 

Sugerir correcção