Torne-se perito

FIFA determina subtracção de seis pontos ao Boavista por dívida a jogador

O emblema do Bessa foi castigado pela FIFA
Foto
O emblema do Bessa foi castigado pela FIFA Fernando Veludo/nFactos (arquivo)

A FIFA determinou a subtracção de seis pontos ao Boavista, que disputa o campeonato nacional da II Divisão, por uma dívida ao futebolista camaronês Guy Essame.

Em carta enviada à Federação Portuguesa de Futebol (FPF), datada de 16 de Novembro e a que a agência Lusa teve acesso, a FIFA notificou o filiado português a retirar “imediatamente” seis pontos ao Boavista, por o clube ter “falhado o cumprimento do acordo com o credor [Guy Essame]”, que representou os “axadrezados” entre 2005 e 2007.

Neste sentido, a FIFA pede à FPF que envie “imediatamente a prova da dedução de pontos” ao Boavista.

Caso contrário, a FIFA recorda que pode accionar o Comité de Disciplina a tomar as “sanções apropriadas” à filiada portuguesa, que “podem levar à expulsão de todas as competições da FIFA”.

Sem falar nos números da dívida, a FIFA refere-se apenas a “uma verba significativa” em falta com o jogador camaronês.

Boavista ainda não foi notificado

O Boavista reconheceu estar em dívida com o futebolista camaronês Guy Essame, mas garante já ter pago “70 por cento” do valor, afirmando também não ter recebido qualquer notificação da FIFA ou da FPF para que lhe sejam retirados seis pontos no campeonato da II Divisão.

Uma fonte do clube explicou à agência Lusa que há “um desacordo quanto aos valores que já foram pagos”, sem, porém, detalhar números. “Estamos a conversar com o jogador, através do seu agente, que é belga”, adiantou ainda a mesma fonte.

“É com a FPF” que o clube tem mantido contactos sobre esta situação, disse o mesmo elemento, referindo que o clube julga possuir “provas” dos valores que já pagou a Essame, ao abrigo de um “plano de pagamentos” faseados negociado com o jogador.

O Boavista acordou, aliás, planos similares com outros antigos futebolistas com os quais tem dívidas. “Este ano temos tentado cumprir os acordos que fizemos”, frisou a fonte boavisteira.

Com oito jornadas disputadas na Zona Norte da II Divisão, o Boavista segue no 11.º lugar, com dez pontos. Se lhe forem retirados os seis pontos, baixará para o 14.º e antepenúltimo posto, ao lado do Gondomar.

A Zona Norte da II Divisão é liderada pelo Mirandela, com 19 pontos. Infesta, com três, e Joane, com dois, ocupam o penúltimo e último lugares.

Notícia actualizada às 15h29

Sugerir correcção