Chelsea em maus lençóis na Liga dos Campeões

Festa dos jogadores da Juventus, consternação dos jogadores do Chelsea
Foto
Festa dos jogadores da Juventus, consternação dos jogadores do Chelsea Giuseppe Cacace/AFP

O Chelsea, actual detentor do título, perdeu em Turim frente à Juventus, por 3-0, e ficou numa posição muito delicada para conseguir a qualificação.

Shakhtar, Bayern Munique e Valência garantiram o apuramento para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões.

O jogo com mais golos garantiu o apuramento ao Shakhtar e deixou Juventus e Chelsea a lutarem pela vaga nos “oitavos” que sobra no Grupo E. Na Dinamarca, os campeões da Ucrânia defrontaram o Nordsjaelland e conseguiram uma robusta vitória por 5-2. Os dinamarqueses estiveram duas vezes na frente — golos de Nordstrand (24’) e Lorentzen (29’) —, mas não resistiram ao samba ucraniano: os cinco golos do Shakhtar foram apontados pelos brasileiros Luiz Adriano (26’, 53’ e 81’) e Willian (44’ e 50’). No outro jogo do grupo, o Chelsea ficou com pé e meio na Liga Europa após perder em Turim, por 3-0. Os golos da Juventus foram apontados por Quagliarella (38’), Vidal (61’) e Giovinco (90’). Com esta derrota, o Chelsea precisa de vencer, na última jornada, o Nordsjaelland e esperar que a Juventus seja derrotada em Donetsk. Qualquer outra conjugação de resultados coloca os ingleses fora da prova.

No Grupo F, Valência e Bayern aproveitaram a derrota do BATE para garantirem a qualificação. Os bielorrussos foram derrotados em casa pelo Lille (2-0), resultado que garantia o apuramento a espanhóis e alemães em caso de empate entre as duas equipas no Mestalla. E foi isso que aconteceu: Feghouli marcou primeiro para o Valência (77’), Müller restabeleceu a igualdade (82’).

O Manchester United não ajudou o Sp. Braga. Já apurados, os ingleses deixaram as estrelas em casa e perderam em Istambul por 1-0. Yilmaz marcou o golo que afasta os bracarenses das provas europeias.