Futebol

Jesus e as contas do grupo: "Primeiro temos de ganhar ao Celtic"

Não foi uma noite perfeita de Liga dos Campeões para o Benfica porque o Celtic venceu o Barcelona em Glasgow, mas Jorge Jesus continua a acreditar no apuramento para os "oitavos". Quanto a Cardozo, que marcou dois golos, ter começado no banco, o técnico "encarnado" diz que tudo fazia parte do plano.

"Há um planeamento. Sabia que seria um jogo completamente diferente entrando o Cardozo de inicio. Os dois avançados vinham com 90 minutos do jogo com o Guimaraes. O Rodrigo não saiu porque estava a jogar mal, a estratégia estava montada assim. Na segunda parte, iamos jogar com mais gente na área,. O Cardozo fez dois e podia ter feito mais. Teve 45 minutos com uma alta intensidade, se jogasse 90 não teria esta intensidade nem esta qualidade. A equipa fez um grande jogo, jogámos com uma boa equipa. Estamos dependentes de nós, as contas fazem-se no fim e temos de pensar no próximo jogo com o Celtic."

"O Ola John tem vindo a evoluir e a melhorar. É verdade que depois do 2-0 procurei fechar mais o corredor central e a entrada do Bruno César foi para isso. Depois da expulsão as coisas ficaram mais fáceis."

Primeiro temos de ganhar ao Celtic e não importa pensar já no Barcelona. Sabia que o jogo mais complicado do Barcelona iria ser em Glasgow. O Celtic é muito forte por cima e, depois do nosso jogo em Glasgow, disse logo que o Barcelona ia levar golos de bola parada. Infelizmente não queria adivinhar, mas adivinhei. Temos de jogar para ganhar ao Celtic e, depois, ainda temos uma palavra a dizer em Camp Nou. Está mais difícil, mas não é seguro que o Celtic ganhe o último jogo ao Spartak."