Real Madrid

Adeptos do Maiorca chamam Ronaldo de “Barbie” e Mourinho defende o jogador

"Ronaldo não responde com insultos", diz Mourinho
Foto
"Ronaldo não responde com insultos", diz Mourinho Foto: AFP

Joaquín Caparrós, técnico do Maiorca, acusou o atleta do Real Madrid de falta de humildade. O treinador dos madridistas respondeu dizendo que nunca viu “Cristiano responder à má educação com má educação”.

José Mourinho aproveitou a conferência de imprensa desta terça-feira, de antevisão do jogo da Taça do Rei, para defender Cristiano Ronaldo das críticas de Joaquín Caparrós, treinador do Mallorca, que acusou o internacional português de falta de humildade.

No final da partida deste fim-de-semana em Palma de Maiorca, que os campeões espanhóis venceram por 5-0, Caparrós teceu criticas ao internacional português, na sequência dos gestos dirigidos pelo jogador aos adeptos da equipa da casa. Segundo o treinador, Ronaldo “como jogador tem tudo, mas tem que demonstrar muito mais humildade e ambição noutras coisas”.

“A Bola de Ouro é a soma de muitos valores, como quando foi atribuída a Zidane ou Kaká. Não seria de estranhar que Ronaldo não a ganhasse", afirmou Caparrós.

A defesa de Ronaldo chegou nesta terça-feira pela voz de José Mourinho que supõe que “não seja fácil ser insultado sempre que joga fora do Bernabéu”. Os adeptos maiorquinos terão chamado, durante o encontro, de “Barbie” ao número 7 do Real Madrid e Mourinho garante que o importante é que Ronaldo “não responde com insultos nem com falta de educação”. “Podem criticar algumas das suas reacções, mas nunca vi o Cristiano responder à má educação com má educação”, referiu o treinador português.

“Espanha é a Disney”

A suposta agressividade dos adeptos espanhóis para os jogadores foi completamente desvalorizada por Diego Simeone, treinador do Atlético Madrid. “Sabem como é na Argentina? Ir ao futebol em Espanha é como um teatro, isto é a Disney", disse o técnico na antevisão da partida dos “colchoneros” para a Taça do Rei, frente ao Jaén.