Motociclismo

Miguel Oliveira "muito satisfeito" pelo seu melhor resultado de sempre

Miguel Oliveira melhorou o terceiro lugar obtido esta temporada em Barcelona
Foto
Miguel Oliveira melhorou o terceiro lugar obtido esta temporada em Barcelona William West/AFP

O piloto português Miguel Oliveira (Suter Honda) mostrou-se este domingo “muito satisfeito” com o segundo lugar na categoria de Moto3 do Grande Prémio da Austrália, 17.ª e penúltima prova do Mundial de motociclismo.

“Estou muito satisfeito com este pódio, acho que toda a equipa o merece. Foi uma temporada com altos e baixos. Felizmente nesta última parte temos vindo a subir aos poucos e a aprender bastante, temos tido boas experiências. Isto é muito positivo para mim, tanto para o ano que vem, como para o final de época,” disse Oliveira, à sua assessoria de imprensa.

Na sua estreia em Philip Island, Miguel Oliveira, que saiu do sexto lugar da grelha de partida, conseguiu a sua melhor classificação de sempre no Mundial, melhorando o terceiro lugar que conseguiu em Barcelona, ao concluir a prova atrás do já campeão mundial, o alemão Sandro Cortese (KTM).

“Foi uma corrida bastante complicada, senti-me confortável atrás do Sandro [Cortese], mas tive dificuldades em seguir o seu ritmo. No ‘warm up’ [aquecimento] sofri duas quedas, devido à instabilidade do eixo frontal. Consegui ultrapassar parte dessa dificuldade, mas na parte final não tinha confiança na roda da frente, por isso pensei em manter a minha posição”, referiu.

Com este resultado, Miguel Oliveira subiu ao sétimo posto do Mundial de Moto3, com 114 pontos, a 15 do sexto lugar, ocupado pelo britânico Danny Kent (KTM), e com dois de avanço sobre o oitavo, o malaio Zulfahmi Khairuddin (KTM).

O Mundial de motociclismo termina a 11 de Novembro, com o Grande Prémio de Valência, em Espanha.