Liga italiana

Juventus derrota Catânia e mantém liderança isolada da Liga italiana

O chileno Arturo Vidal festeja um golo polémico
Foto
O chileno Arturo Vidal festeja um golo polémico Antonino Parriniello/Reuters

A campeã Juventus manteve este domingo a liderança isolada da Liga italiana de futebol, ao derrotar, em jogo da nona jornada, o Catânia, aumentando para 48 jogos a série sem derrotas na prova.

O Catânia foi a primeira equipa a colocar a bola dentro de uma das balizas, mas o golo do argentino Gonzalo Bergessio, antigo avançado do Benfica, foi anulado, gerando fortes protestos do presidente do clube siciliano, Antonino Pulvirenti, que acabou por ser expulso.

A Juventus acabaria por chegar ao triunfo, aos 57 minutos, num lance igualmente polémico, uma vez que o dinamarquês Nicklas Bendtner estava em posição irregular quando fez a assistência para o golo do chileno Arturo Vidal.

Dez minutos depois, Giovanni Marchese deixou o Catânia a jogar com menos um jogador, ao ver o segundo cartão amarelo.

Com este triunfo, a Juventus passou a somar 25 pontos, mais seis do que o Nápoles e sete do que Lazio e Inter de Milão, todos com menos um encontro disputado.