DR
Foto
DR

Festival de curtas-metragens sobre surf decorre na Internet

Há 14 filmes a concurso e a escolha é dos internautas. Até Domingo todos podem votar e escolher o vencedor do Surf Film Fest Portugal

O Surf Film Fest Portugal, que se anuncia como o primeiro festival online nacional de curtas-metragens, está a decorrer na Internet e permite aos internautas a escolha, até Domingo, do melhor de 14 filmes a concurso.

Entre os três filmes internacionais e os onze nacionais que podem ser vistos na Internet, há muitas ondas, muitas pranchas, algumas histórias de amizade e apelos à conservação ambiental, tudo contado no máximo até oito minutos. Estas curtas-metragens vão poder ainda ser vistas no forte de Peniche durante o Rip Curl Pro, que aí decorre entre 10 e 21 de Outubro.

Luísa Sequeira, também responsável pela programação do festival Shortcutz, no Porto, contou à Lusa que a ideia do festival surgiu já o ano passado em conversa com um amigo amante do surf. “Só que enquanto nós começávamos a preparar o festival, outros dois festivais do género apareceram. Daí que tenhamos tido a ideia de passá-lo para a internet”, explicou.

“Acho que, nesta altura, faz todo o sentido, pois é uma mais valia ser online, uma vez que o espectador em qualquer lugar do mundo pode assistir e também fazer parte do jurado”, afirmou ainda Luísa Sequeira, da tzerofilmes, que organiza o festival com a Surftotal.

A jornalista Carla Henriques, o realizador Miguel Gonçalves Mendes, o escritor Gonçalo Cadilhe, o músico Frankie Chavez e um atleta da equipa da Rip Curl são os elementos júri, a que se soma o voto do público que funcionará com um sexto elemento. A concurso vai estar a atribuição de um prémio para a melhor curta nacional, internacional e ainda uma distinção só com os votos do público.