Votação

Benfica convoca eleições para 26 de Outubro

Luís Filipe Veiera é presidente do Benfica desde 2003
Foto
Luís Filipe Veiera é presidente do Benfica desde 2003 Foto: David Clifford (arquivo)

Apesar de o relatório e contas na última assembleia geral ter sido chumbado, o presidente da mesa da AG do Benfica manteve a eleição dos órgãos sociais para o final do mês.

Os sócios do Benfica vão escolher os próximos órgãos sociais no dia 26 de Outubro, uma sexta-feira, anunciou nesta segunda-feira o clube, em comunicado. Luís Filipe Vieira é, para já, o único candidato à presidência dos “encarnados”.

Filipe Vieira, presidente do Benfica desde que em 2003, foi eleito o 33.º líder dos benfiquistas, substituindo no cargo Manuel Vilarinho, vai correr para mais três anos na cadeira presidencial.

O presidente da mesa assembleia geral, Luís Nazaré, entendeu, em conformidade com as normas estatutárias, convocar a eleição dos órgãos sociais do clube para o próximo dia 26 de Outubro, isto apesar de na última AG os sócios terem chumbado o relatório e contas que diz respeito ao último ano.

Mesmo sem consequências jurídicas, a reprovação do exercício financeiro de 2011-12 pelos sócios do Benfica, na noite de quinta-feira, deveria implicar a convocação de uma nova assembleia geral (AG). Esta reunião magna não tem um prazo definido e poderia ocorrer depois das eleições no clube da Luz, que teriam de se realizar até ao final do mês de Outubro.

Ao contrário dos anteriores estatutos, os novos regulamentos "encarnados", aprovados a 30 de Abril de 2010, são omissos em relação às consequências da reprovação de um balanço financeiro. Anteriormente, a direcção estava obrigada à realização de uma nova AG no prazo de 15 dias. Caso houvesse novo chumbo, a direcção perderia o seu mandato e o presidente ficaria impedido de desempenhar cargos nos órgãos sociais durante seis anos. Este princípio não transitou para o actual documento.