Leonardo Finotti
Foto
Leonardo Finotti

Lisboa Open House revela arquitectura de excelência em 50 espaços

Com o Lisboa Open House, organizado pela Trienal de Arquitectura de Lisboa, podem ser visitados edifícios de "valor arquitectónico ou cultural inquestionável". A 6 e 7 de Outubro

Mais de 50 espaços lisboetas “de valor arquitectónico ou cultural inquestionável” poderão ser visitados gratuitamente nos dias 6 e 7 de Outubro, no âmbito da iniciativa internacional Open House, anunciou esta sexta-feira a organização da Trienal de Arquitectura de Lisboa.

“Pela primeira vez, Lisboa acolhe o evento internacional Open House, em Outubro de 2012. Criado em Londres em 1992, o evento guia-se por princípios simples mas desafiantes: mostrar arquitectura de excelência ao público em geral, suscitando e estimulando o interesse no património edificado”, refere um comunicado.

O Lisboa Open House, que se realiza nos dias 6 e 7 de Outubro, é um evento sem fins lucrativos, organizado pela Trienal de Arquitectura de Lisboa, cuja terceira edição decorrerá entre 12 de Setembro e 15 de Dezembro de 2013. “Na estreia deste evento, Lisboa vai revelar um conjunto de edifícios, tanto clássicos como contemporâneos. De valor arquitectónico ou cultural inquestionável, esta primeira selecção compreende uma diversificada lista de património edificado com diferentes tipologias que vai desde casas particulares a infraestruturas ou monumentos nacionais”, refere a nota.

PÚBLICO -
Foto
O antigo Hotel Vitória Pedro Sadio

Entre os espaços que poderão ser visitados estão o Palácio Sinel de Cordes, o Supremo Tribunal de Justiça, a Casa da Moeda, o Cinema São Jorge, o antigo Hotel Vitória, a nova sede da RTP, a Fundação Champalimaud, a escola secundária José Gomes Ferreira ou um apartamento em Telheiras.

PÚBLICO -
Foto
Sede Social do Metropolitano de Lisboa Metropolitano de Lisboa, EPE

A organização criou um guia de bolso, onde constam todos os espaços a visitar, que começará a ser distribuído em breve por toda a cidade. Esse guia será apresentado esta sexta-feira, pelas 19h00, na sede da Trienal, no Campo de Santa Clara, num evento que inclui um concerto de cravo e é aberto a toda a população. Lisboa passa assim a integrar a rede Open House, de que fazem parte cidades como Londres (Inglaterra), Dublin (Irlanda), Tel Aviv (Israel), Melbourne (Austrália), Barcelona (Espanha), Roma (Itália) ou Nova Iorque e Chicago (Estados Unidos da América).

PÚBLICO -
Foto
ETAR de Alcântara FG+SG