Catrinus Van Der Veen/AFP
Foto
Catrinus Van Der Veen/AFP

A história repete-se: convite no Facebook transforma festa de anos numa noite de caos

A polícia anti-motim holandesa foi obrigada a intervir na noite de sexta-feira para sábado para conter milhares de pessoas que responderam ao convite de uma adolescente

A adolescente organizou uma festa de anos e publicitou-a, noticiaram os media holandeses, alguns deles evocando uma noite “Project X”, numa alusão ao filme com o mesmo nome.

“A situação em Haren ficou fora de controle”, noticiou a agência noticiosa holandesa ANP, citando jornalistas presentes no local, que testemunharam “um ajuntamento de vários milhares de pessoas” naquela pequena localidade com 18 mil habitantes no norte da Holanda.

Falando de “caos”, a ANP cita a polícia para dar conta de vários feridos ao longo da noite, incluindo dois graves, e da detenção de quatro pessoas.

PÚBLICO -
Foto
“A situação em Haren ficou fora de controle”, noticiou uma agência holandesa Catrinus Van Der Veen/AFP

A televisão pública NOS falou em três a quatro mil pessoas, na sua grande maioria jovens, nas ruas de Haren. Carros e casas foram danificados e pedras, garrafas, bicicletas e vasos foram lançados contra os polícias que bloqueavam a rua que dava acesso à casa da aniversariante.

PÚBLICO -
Foto
Os “convidados” pilharam um supermercado e danificaram candeeiros e sinais de trânsito Catrinus Van Der Veen/AFP

“Project X Haren”

A jovem tinha convidado alguns amigos, via Facebook, para festejarem os seus anos na noite de sábado em sua casa, situada no centro da pequena localidade, mas acidentalmente esqueceu-se de manter o convite privado.

Resultado: mais de 20 mil pessoas indicaram naquela rede social que iram estar pesentes na festa. Foram criadas páginas na Internet e começou a nascer a noite “Project X Haren”, aludindo ao filme americano que conta a história de uma festa organizada por três adolescentes que acaba mal.

Chegado o dia e a hora, milhares de foliões apareceram em Haren, tentando chegar perto da casa da rapariga, que entretanto já tinha sido levada para bem longe por razões de segurança. O acesso à rua foi cortado e foi lançada uma proibição de beber nas imediações da casa da aniversariante.

Os “convidados” responderam pilhando um supermercado e danificando candeeiros e sinais de trânsito. A meio da noite, autocarros foram levando progressivamente as pessoas para Groingen, a cidade mais próxima. Fim de festa.