Num ano, são mais 29.462 os desempregados licenciados a constarem nos ficheiros do IEFP mortimer?/ Flickr
Foto
Num ano, são mais 29.462 os desempregados licenciados a constarem nos ficheiros do IEFP mortimer?/ Flickr

Desemprego entre licenciados duplicou em quatro anos

Em Agosto já eram mais de 80 mil os profissionais com curso superior inscritos no IEFP, uma subida de 54,5% face ao período homólogo de 2011

O desemprego entre os licenciados mais do que duplicou em quatro anos, afectando no final de Agosto mais de 80 mil profissionais com curso superior, segundo os dados do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

Em Agosto de 2008, os desempregados inscritos nos centros de emprego totalizavam os 40.850 indivíduos. Quatro anos depois, de acordo com os dados mais recentes disponibilizados pelo IEFP, o número de desempregados com licenciatura alcançou os 83.497 profissionais, uma subida de 54,5 por cento, face ao mesmo mês de 2011.

Num ano, são mais 29.462 os desempregados licenciados a constarem nos ficheiros do IEFP, num total de 83.497. Face a Julho, o número de pessoas inscritas com curso superior aumentou em 9.081 trabalhadores. De acordo com o IEFP, este aumento afectou da mesma forma os homens e as mulheres, embora o grupo das mulheres seja substancialmente maior, com 56.753 licenciadas em situação de desemprego (contra os 26.744 homens na mesma situação).

Apesar da subida do desemprego estar a afectar todos níveis de escolaridade, as maiores subidas verificam-se assim nos profissionais mais qualificados, com os inscritos com o ensino secundário completo a aumentarem também em termos homólogos 36,4 por cento.

O número total de desempregados inscritos nos centros de emprego subiu 26,3 por cento, para 673.421 pessoas, em Agosto, face ao período homólogo, tendo crescido também 2,8 por cento face a Julho, tendo o desemprego subido em todas as regiões do país.