Volume de negócios nos serviços caiu 10,6% em Julho

Foto
Foto: Pedro Cunha

De acordo com o instituto, o índice de volume de negócios nos serviços, ajustado dos efeitos de calendário e da sazonalidade, “mantém forte variação homóloga negativa”, agravando-se face aos -10% verificados em Junho.

Em termos mensais, o índice de volume de negócios nos serviços aumentou 1,6%, face aos -3,5% registados em Junho.

Os índices de emprego, das remunerações brutas e das horas trabalhadas, ajustadas dos efeitos de calendário, apresentaram em Julho quedas homólogas de 7,5%, 8,2% e de 6,3% respectivamente (variações de -7,4%, -8,3% e de -7,4% em Junho).