Conselho de Ministros

Governo nomeia Silva Rodrigues para presidente da Carris e da Metro de Lisboa

Empresa que nascerá da fusão da Carris e da Metro de Lisboa terá quatro elementos na administração
Foto
Empresa que nascerá da fusão da Carris e da Metro de Lisboa terá quatro elementos na administração Foto: Rui Gaudêncio

O gestor, que presidia até aqui a Carris, irá gerir a fusão das duas empresas, que o executivo quer concretizar até ao final do ano, tal como acontecerá com a Metro do Porto e a STCP.

Os nomes do novo conselho de administração das Carris e da Metro de Lisboa foram aprovados esta quinta-feira pelo Governo, em Conselho de Ministros, como antecipou o Jornal de Negócios. José Silva Rodrigues foi escolhido para presidente da empresa, que nascerá da fusão das duas transportadoras públicas.

Silva Rodrigues, que está à frente da Carris desde 2008, já vinha sendo referido como a provável escolha do Governo para liderar o processo de fusão, que o Governo quer concluir até ao final do ano. O mesmo acontecerá para a Metro do Porto e a STCP, cuja equipa de gestão já foi nomeada, e para a Softlusa e a Transtejo.

O novo presidente da Carris e da Metro de Lisboa contará com outros três elementos no conselho de administração, o que significará um corte de seis pessoas, face aos dez membros que antes compunham as equipas de gestão das duas empresas de transportes.

Além de Silva Rodrigues, o conselho terá como vogais Pedro Gonçalo Bogas, Luís Carlos Barroso e Maria Manuela Figueiredo, referiu Luís Marques Guedes, secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, na conferência de imprensa que se seguiu ao Conselho de Ministros.