Premier League

Manchester City vence jogo emocionante

Tevez marcou o primeiro golo do jogo
Foto
Tevez marcou o primeiro golo do jogo Foto: Ian Kington/AFP

Os campeões ingleses venceram neste domingo o Southampton por 3-2, num jogo que registou duas reviravoltas.

A expectativa era muita dos adeptos de ambas as equipas. De um lado, os novos reis de Inglaterra. Do outro, uma equipa histórica fundada em 1885, que conquistou na época passada a promoção, depois de terminar no segundo lugar, a um ponto do campeão Reading. Na equipa titular figurou o defesa-central português José Fonte.

No “onze” de Roberto Mancini a única surpresa foi Jack Rodwell, que chegou do Everton, por uma verba a rondar os 20 milhões de euros.

Ainda cedo na partida, o Manchester City falhou uma grande penalidade, pelo espanhol David Silva. Mas antes do intervalo, os “citizens” chegaram à vantagem por Carlos Tévez, depois de uma assistência de Nasri.

Após o intervalo, que serviu para exibir o primeiro troféu da época – Supertaça – perante os adeptos, David Silva voltou a mostrar que estava a ter uma tarde infeliz e enviou a bola à trave, depois de uma jogada de Tévez pela direita.

Aos 59 minutos chegou o golo do Southampton, por Lambert, que tinha acabado de entrar. No lance do empate, o defesa inglês Lescott ficou mal na fotografia.

Nem dez minutos depois, o Southampton assinou a primeira reviravolta do encontro e lançou a dúvida se o treinador Nigel Adkins tem poderes de adivinhação. Mais uma vez, um jogador acabado de entrar voltou a marcar. Desta vez foi Kelvin Davis, após um erro de Jack Rodwell.

No entanto, a vantagem dos visitantes não durou muito e Dzeko empatou a dois, depois de um canto e alguns ressaltos na área do Southampton. Mas a história do jogo não ficava por aqui e, pouco depois, o Southampton quase voltou a marcar. No seguimento da mesma jogada, num contra-ataque, os “citizens” quase viraram o jogo.

Num jogo que fez lembrar o último da época passada, que devolveu o trono da Premier League ao Manchester City, o desfecho acabaria por ser o mesmo, porém, menos dramático no que diz respeito ao relógio. A dez minutos do fim, o francês Nasri resolveu o jogo, depois de um grave erro do defesa Fox, que cortou um cruzamento de Clichy para o meio da área.

Os campeões ingleses suaram mas cumpriram na jornada inaugural e esperam agora o desempenho do rival de Manchester, que joga na segunda-feira frente ao Everton, às 20h.

Sugerir correcção