Futebol nacional

FIFA confirma que “Caso Luisão” fica sob a alçada da FPF

Luisão diz estar de consciência tranquila
Foto
Luisão diz estar de consciência tranquila Foto: Rui Gaudêncio

A FIFA delega na Federação Portuguesa de Futebol (FPF) a resolução do caso disciplinar que envolveu o defesa do Benfica Luisão e o árbitro do jogo particular de sábado com os alemães do Fortuna Dusseldorf.

Fonte da FIFA esclareceu à agência Lusa que este caso passou a ser “um assunto interno sob a alçada da FPF”, apontando ao ponto 1 do artigo 70 do seu Código Disciplinar, que delega nas federações a competência jurídica sobre irregularidades em jogos não organizados pelo organismo mundial.

Aos 39 minutos do jogo do passado sábado, o capitão do Benfica chocou com o árbitro Christian Fischer, quando protestava uma decisão do juiz do encontro, que perdeu os sentidos durante alguns segundos.

A FIFA já tinha confirmado à Lusa ter recebido o relatório do jogo e que se mantinha em contacto permanente com as federações portuguesa e alemã, entendendo agora delegar na FPF, que já entregou toda a documentação do jogo ao Conselho de Disciplina, a resolução do caso.

Desta forma, a FIFA entende que não se encaixa nesta situação o que determina o ponto 1 do artigo 71 do mesmo código, que acciona a intervenção do Comité Disciplinar do organismo mundial nos casos considerados “graves”.

No entanto, a FPF terá sempre de notificar a FIFA da decisão tomada, que assegura, por seu turno, o cumprimento das sanções em conformidade com este mesmo código de conduta.

Sugerir correcção