Selecção

Paulo Bento lembra 10 anos de carreira do "grande talento" Cristiano Ronaldo

Paulo Bento e Cristiano Ronaldo
Foto
Paulo Bento e Cristiano Ronaldo Foto: Chris Helgren/Reuters

O seleccionador português de futebol, Paulo Bento, lembrou nesta terça-feira os 10 anos de carreira do avançado Cristiano Ronaldo, um "grande talento", que "nem todos imaginavam poder tornar-se o jogador que é hoje".

"Há alguns anos atrás prevíamos que seria um grande talento, mas nem todos imaginavam poder tornar-se o jogador que é hoje e o que representa para a selecção nacional e o país", observou Paulo Bento durante a conferência de imprensa de antevisão do jogo particular de quarta-feira com o Panamá.

O seleccionador português defendeu que Ronaldo teve "uma evolução extraordinária" desde que se estreou, aos 17 anos, pela equipa principal do Sporting, a 14 de agosto de 2002, num jogo da primeira mão da terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, frente ao Inter de Milão.

Paulo Bento assinalou que, em 10 anos de carreira, o avançado já "representou três grandes clubes em Portugal, Inglaterra e Espanha", tendo-se convertido num símbolo da selecção portuguesa e do país.

Ronaldo é um dos jogadores convocados para o particular com o Panamá, marcado para quarta-feira, no Estádio Algarve, com início às 21h, e que serve de preparação para a fase de qualificação para o Mundial de 2014.

Sugerir correcção