NASA
Foto
NASA

Chegou a primeira imagem a cores de Marte

Esta imagem dá a ver a encosta norte da cratera Gale, o destino de aterragem do Curiosity, onde irá passar 687 dias terrestres, ou um ano marciano

A câmara tinha ficado coberta pelas famosas poeiras de Marte durante a descida do robô Curiosity até ao solo do planeta vermelho, na madrugada desta segunda-feira, por isso a primeira imagem a cores que enviou da paisagem é de um alaranjado um tanto difuso.

À distância, essa imagem dá a ver a encosta norte da cratera Gale, o destino de aterragem do Curiosity, onde irá passar 687 dias terrestres, ou um ano marciano, à procura de vestígios de água e de vida, passada ou actual.

Por agora, esta câmara – a Mars Hand Lens Imager, ou MAHLI – continua tapada por uma protecção transparente contra as poeiras.

PÚBLICO -
Foto
Imagem captada pelo Curiosity NASA

Só depois das verificações com o braço robotizado do Curiosity é que deverão começar a tirar-se fotografias sem a protecção para as poeiras, o que ainda deverá demorar algumas semanas.

PÚBLICO -
Foto
Imagem captada pelo Curiosity NASA

O objectivo principal desta câmara, explica a agência espacial norte-americana NASA, é a obtenção de imagens de pormenor das rochas e do solo com grande resolução. Mas também consegue captar imagens da paisagem, como aquela que é o primeiro bilhete-postal a cores que nos mandou de Marte.

Numa das imagens a preto e branco que enviou para a Terra mal chegou à superfície de Marte, tirada com outra câmara, o robô apanhou, além da sua própria sombra no chão, o Monte Sharp ao longe. Localizado no interior da cratera Gale, é para lá que depois irá caminhar, com as suas seis rodas.