Brasileirão

Seedorf perde na estreia pelo Botafogo

Seedorf esteve discreto
Foto
Seedorf esteve discreto Foto: Ricardo Moraes/Reuters

O médio holandês Clarence Seedorf não teve sorte na estreia pelo Botafogo. O antigo jogador de Milan, Inter e Real Madrid viu a sua nova equipa perder por um 1-0 na recepção ao Grêmio e teve uma actuação discreta.

“O Seedorf só está connosco há duas semanas. Ele está no início da época dele e nós estamos a meio”, desvalorizou Oswaldo de Oliveira, o treinador do Botafogo, cujo presidente, Maurício Assunção, tinha considerado o holandês como o melhor estrangeiro a assinar por um clube brasileiro.

Seedorf foi substituído aos 24 minutos da segunda parte e, apesar da exibição fraca, mereceu aplausos dos adeptos. “O ambiente foi maravilhoso, espero que seja sempre assim”, reagiu o holandês.

O único golo da partida foi apontado por Moreno, após um passe do veterano Zé Roberto.

Depois de os primeiros já terem jogado no sábado, com o Atlético de Mineiro a manter os dois pontos de vantagem sobre o Vasco da Gama, os outros destaques da jornada de domingo foram a goleada imposta pelo Palmeiras de Scolari ao Náutico (3-0, com golos de Obina, Mazinho e Márcio Araújo) e as sortes diferentes das três equipas que trocaram de treinador na sexta-feira.

O Internacional venceu o Goianense por 4-1 na estreia de Fernandão (substituiu Dorival Junior), enquanto o Bahia empatou (2-2) com o Coritiba, num jogo em que foi orientado por Eduardo Barroca, após o despedimento de Falcão – Caio Júnior, o novo treinador, viu o jogo na bancada.

Pior esteve o Figueirense, que despediu Argel, mas continua no caminho das derrotas, ao perder por 2-0 com o São Paulo, que conseguiu o primeiro triunfo sob o comando de Ney Franco.

Resultados da 11.ª jornada

Botafogo 0-1 Grêmio Cruzeiro
1-0 FlamengoBahia
2-2 CoritibaFigueirense
0-2 São PauloInternacional
4-1 GoianensePalmeiras
3-0 NáuticoPonte Preta
1-2 FluminenseCorinthians
1-1 PortuguesaSport
1-4 Atlético MineiroVasco da Gama
2-0 Santos

Classificação

1.º Atlético Mineiro, 11 jogos/28 pontos2.º Vasco da Gama, 11/26
3.º Fluminense, 11/25
4.º Grêmio, 11/21
5.º Cruzeiro, 11/20
6.º São Paulo, 11/19
7.º Internacional, 11/19
8.º Botafogo, 11/17
9.º Ponte Preta, 11/15
10.º Flamengo, 11/15
11.º Náutico, 11/13
12.º Corinthians, 11/12
13.º Sport, 11/12
14.º Palmeiras, 11/10
15.º Santos, 11/10
16.º Coritiba, 11/9
17.º Portuguesa, 11/9
18.º Figueirense, 11/8
19.º Bahia 11/8
20.º Goianense, 11/5

Sugerir correcção