Jogos Olímpicos

Problemas entre Heathrow e aldeia olímpica

O metropolitano tem recomendado aos passageiros para evitarem a linha que une o centro ao este
Foto
O metropolitano tem recomendado aos passageiros para evitarem a linha que une o centro ao este Foto: Reuters

Londres enfrenta alguns problemas de transportes a 10 dias do início dos Jogos Olímpicos, com os maiores constrangimentos a verificarem-se na ligação entre o aeroporto de Heathrow e o centro.

As autoridades britânicas criaram uma linha especial para este percurso, a M4, de forma a agilizar a chegada das delegações desportivas e as representações oficiais estrangeiras, que têm como destino a aldeia olímpica, em Stratford, a este da cidade.

A via está aberta das 05h até às 22h (as mesmas de Lisboa), mas a solução tem provocado grandes filas de carros no percurso.

O caso com maior repercussão aconteceu com o atleta norte-americano Kerron Clement, bicampeão mundial dos 400 metros barreiras, que na segunda-feira passou quatro horas no autocarro com destino à aldeia olímpica.

O norte-americano foi um dos primeiros atletas a chegar a Heathrow e, segundo revelações do próprio na sua rede social do Twitter, o condutor do autocarro perdeu-se e os atletas andaram às voltas por Londres.

O presidente da Câmara londrina, Boris Johnson, deu pouca importância ao incidente, explicando que a situação vai melhorar nos próximos dias, optando por enaltecer a reacção de agrado dos atletas em relação às instalações na aldeia olímpica.

Entretanto, o metropolitano de Londres tem recomendado aos passageiros para evitarem a linha que une o centro ao este, em determinadas horas do dia (06h30 às 09h e 14h às 21h), sendo que esta é a mais utilizada para se chegar a Stratford.

Sugerir correcção