DR
Foto
DR

Estreia de Lana Del Rey em Portugal concentra atenções no Super Bock Super Rock

The Rapture, Friendly Fires e M.I.A. são outros destaques da noite. Organização apela ao uso de transportes públicos

A estreia em Portugal da cantora norte-americana Lana Del Rey promete concentrar esta sexta-feira, 6 de Julho, as atenções no festival Super Bock Super Rock (SBSR), que decorre junto a Sesimbra até domingo. O primeiro álbum da jovem de 25 anos saiu no início deste ano e soma mais de um milhão de cópias vendidas. Depois de um EP que passou despercebido, a canção “Video Games” deu o passaporte para o lançamento da nova-iorquina.

Além da jovem que combina no seu nome artístico as referências à actriz Lana Turner e ao carro Ford Del Rey, vão passar pelo palco principal os portugueses Supernada, os The Rapture, os Friendly Fires e M.I.A.. Após o concerto do grupo nacional, vão ouvir-se temas como “How deep is your love” e “House of Jealous Lovers” tal como há poucas semanas no festival Optimus Primavera Sound, no Porto, pelos The Rapture.

Os Friendly Fires vão somar na Herdade do Cabeço da Flauta a terceira presença consecutiva em festivais de música portugueses. Em 2011, chegaram com o trabalho “Pala” ao Optimus Alive, em Algés, e no ano anterior tinham passado pelo Sudoeste TMN, na Zambujeira do Mar, tal como a cantora M.I.A. que encerra o palco principal esta noite. Agora é o Meco a praia mais próxima do concerto da britânica, que mistura vários estilos musicais desde o funk ao hip-pop, sem esquecer a origem da família: o Sri Lanka.


No palco EDP, a música começa a soar através dos brasileiros Tono, a quem se segue o norte-americano, de origem palestina e filipina, Hanni El Khatib, que se estreou em solo nacional no Porto em Março deste ano. Para esta noite, estão ainda previstas as actuações da escandinava Oh Land, dos Wraygunn, liderados por Paulo Furtado, que devem centrar o concerto no novo álbum “L’Art Brut”, e dos ingleses The Horrors, que não foram poupados a elogios quando apresentaram no Verão de 2011 o trabalho “Skying” .

Apesar dos parques de estacionamento, a organização continua a insistir no uso de transportes públicos ou, em alternativa, tem apelado para que o público chegue cedo ao recinto, que é servido pela estrada que dá acesso à localidade de Alfarim, perto da Praia do Meco (Sesimbra). O trânsito vai estar condicionado na estrada que liga a Rotunda do Marco do Grilo a Alfarim, a partir das 15h00.