DR
Foto
DR

Cinema português para brasileiro ver no Rio e em São Paulo

Filmes serão exibidos no rio de Janeiro e em São Paulo. A partir desta terça-feira e até 8 de Julho

Dezanove filmes portugueses, feitos entre 1999 e 2011, vão ser exibidos a partir desta terça-feira no Rio de Janeiro, na mostra Cinema Português Contemporâneo, informou a Caixa Cultural, organizadora da iniciativa.

A selecção inclui documentário, ficção, curtas e longas-metragens, muitas delas premiadas, feitas na última década e que, de alguma forma, são atravessadas pelos temas do exílio, da migração e da relação entre Brasil e Portugal, África e a Europa, refere a entidade brasileira no site oficial.

A mostra abrirá com “Viagem a Portugal”, de Sérgio Tréfaut, seguida de um encontro com o realizador. Até 1 de Julho, dia em que Pedro Costa apresentará e falará de “Juventude em Marcha”, serão exibidos “Palavra e Utopia”, de Manoel de Oliveira, sobre o padre António Vieira, papel que coube ao brasileiro Lima Duarte, “Costa dos Murmúrios”, de Margarida Cardoso, com a guerra colonial em Moçambique em fundo, e “48”, de Susana Sousa Dias, sobre o Estado Novo e a PIDE.

Haverá ainda curtas-metragens de Miguel Gomes, João Salaviza, João Pedro Rodrigues e Sandro Aguilar, o documentário “Ruínas”, de Manuel Mozos, ou “Entre muros”, de José Filipe Costa e João Ribeiro.

Além de Sérgio Tréfaut e Pedro Costa, estão previstos encontros com Margarida Cardoso, José Filipe Costa e José Barahona. Citada no site oficial da Caixa Cultural, a curadora da mostra, Michelle Sales, disse que “o objectivo é apresentar ao público brasileiro a produção destes novos realizadores, escolhendo as obras mais significativas, incluindo a entusiasmada e experimental produção audiovisual que surge com a chegada da ‘Geração Curtas’”.

Depois do Rio de Janeiro, a mostra seguirá para São Paulo, de 3 a 8 de Julho, indicou o Instituto do Cinema e Audiovisual.