Natiruts
Foto
Natiruts

Positive Vibes: reggae e boa onda em dois dias "low cost"

A 15 e 16 de Junho o reggae invade a praia do Areinho, em Gaia. O Festival estreia-se com nomes como Patrice, Richie Campbell, Natiruts ou Emir Kusturica

Faltam poucos dias para a primeira edição do Positive Vibes, um festival reggae que quer fazer parte do roteiro internacional de eventos do género. Pautado pela multiculturalidade, pela chamada "world music" e pelo surf, acontece no imenso areal da Praia do Areinho, em Vila Nova de Gaia.

É fruto de uma parceria entre a Câmara e a PEV Entretainment, empresa organizadora do festival Marés Vivas. O Positive Vibes conta com nomes sonantes do reggae português e internacional e acontece nos dias 15 e 16 de Junho.

Mas os mais entusiastas podem rumar a Vila Nova de Gaia mais cedo. O evento vai ter um "welcome day", no dia 14, em tributo a Bob Marley. Sobem ao palco The Uprising Band e músicos como Marrokan ou Marta Ren. Para terminar a noite, os Roots Dimension trazem boas vibrações até ao recinto.

PÚBLICO -
Foto
Patrice

No dia 15 o festival arranca. Sem horários definidos, o início dos concertos está previsto para o final de tarde. 18h00 pode ser uma boa hora para ir chegando e ouvir as primeiras batidas de Firestarter, que faz o "warm up" do palco principal nos dois dias. Xibata & Higher Ites Band abre as hostes para os grandes nomes.

PÚBLICO -
Foto
Richie Campbell

Impulsionador do movimento reggae e dancehall no Porto, Xibata organiza festas na cidade há mais de uma década. Segue-se o jovem Richie Campbell, a actual promessa do reggae português, que apresenta "My Path". Com temas como "That's How We Roll" ou "Missing You", promete um grande espectáculo, com muita energia. Por fim, chega Patrice, um dos nomes mais aguardados do cartaz. Já bem conhecido do público português, o músico alemão promete trazer criatividade e experimentação até ao Areinho.

A 16 de junho, os portuenses Souls of Fire dão um pulo ao outro lado do rio e inauguram o palco principal. Com acordes simples e música de intervenção, tocam para um público já conhecido e aquecem para Natiruts. O independente grupo brasileiro sorri mais uma vez a Portugal e promete ser um dos reis da noite, com temas como "Raçaman" e o inconfundível "Natidub".

Universidade do Reggae

Emir Kusturica & The No Smoking Orchestra prometem ser protagonistas de um dos pontos altos do festival. No último dia, encerram o palco principal com a sua sonoridade característica e pouco ortodoxa, oriunda dos quatro cantos do mundo. Um hino à multiculturalidade num festival que se quer multicultural. Além do palco principal e da tenda soundsystem (Zona 6 no dia 15 e Primeira Linha no dia 16), o Festival Positive Vibes conta, ainda, com a Universidade do Reggae, que englobará conferências, debates e workshops.

"Será um conceito mais abrangente, a que Portugal não está habituado", afirma Jorge Silva, da organização. O objectivo é, acima de tudo, tirar partido da cidade e proporcionar "experiências únicas", a que se aliam as aulas de dança e percussão africana e dancehall que serão oferecidas durante o evento.

O espaço alberga 15 mil pessoas e os bilhetes já estão à venda. Seguindo uma política "low cost", os bilhetes diários têm o valor de 18 euros, enquanto os passes de dois dias custam 25 euros. Para os amantes da tenda, o passe já inclui o acesso ao parque de campismo, mesmo junto ao recinto, e aos balneários locais. Estão ambos disponíveis a partir de dia 14, às 16h, e fecham dia 17, também às 16h.