Secretas

Relvas e ex-espião tomaram um café e almoçaram em Março do ano passado

Agenda de Silva Carvalho regista encontros com Relvas
Foto
Agenda de Silva Carvalho regista encontros com Relvas Daniel Rocha

Miguel Relvas encontrou-se pelo menos duas vezes com o ex-director das secretas, Jorge Silva Carvalho, em Março do ano passado. Foram encontros, que segundo a agenda do ex-espião, não estão classificados como reunião, já que estão lá marcados um café no Hotel Ritz, a 16 de Março, e um almoço a 30 de Março.

Da agenda de Jorge Silva Carvalho que consta de um processo a correr no Ministério Público consultado pelo PÚBLICO - no qual o ex-director das secretas é um dos arguidos –, o ex-espião tomou café com Miguel Relvas e Luís Neves, no Hotel Ritz, a 16 de Março de 2011. Na altura, Relvas era vice-presidente do PSD e Neves era director da unidade de contraterrorismo. Luís Neves foi depois indicado por Jorge Silva Carvalho para director do SIS no sms que enviou a Miguel Relvas a 19 de Maio do ano passado.

Duas semanas depois, a 30 de Março, o agora ministro participou num almoço na sede da Ongoing, em que estavam presentes, a confiar na agenda de Jorge Silva Carvalho, além dos dois, Nuno Vasconcellos e João Braz da Silva.
Miguel Relvas admitiu esta tarde no Parlamento que teve uma “reunião de trabalho” com a Ongoing, em Março, como administrador da Finertec. Nessa reunião, além de Relvas, estiveram presentes segundo o ministro, pela parte da Finertec, Braz da Silva, Carlos Dias, enquanto pela Ongoing estavam Nuno Vasconcellos, Rafael Mora, Rita Marques Guedes, Jorge Silva Carvalho e outro representante de quem o ministro -adjunto e dos Assuntos Parlamentares diz não se recordar.

Se esta reunião mencionada pelo ministro é o mesmo encontro que Silva Carvalho classificou apenas como almoço, a lista de presenças é bem diferente.

Esta declaração de Miguel Relvas na comissão veio contrariar o que dissera da primeira vez que esteve na comissão, quando afirmou que tivera unicamente encontros fortuitos, de passagem, e durante os quais falaram sobre generalidades políticas.

As referências explícitas a Miguel Relvas na agenda de Silva Carvalho ficam-se por aqui. Os encontros com a Finertec é que são designados por Jorge Silva Carvalho como reuniões. E houve pelo menos três reuniões entre a Ongoing e a Finertec – holding de que Miguel Relvas era, à data e até 5 de Maio desse ano, administrador-executivo – entre o final de Março e até 21 de Junho, data em que as duas empresas assinaram um memorando de entendimento.

As três reuniões com a Finertec estão assinaladas nos dias 15 de Abril, 10 de Maio e 7 de Junho. Além de Jorge Silva Carvalho, na primeira participaram Braz da Silva, Carlos Dias, Sérgio Sousa e Carlos Rubal; na segunda apenas Silva Carvalho, Dias, Sousa e Rubal. O encontro de 7 de Junho realizou-se já na sede da Finertec e foram discutidos já os termos finais do memorando de entendimento.

O processo negocial foi concluído a 21 de Junho com a assinatura do memorando.

Notícia actualizada às 20h15