"Fiquem em casa, vejam na TV"

Ex-jogador inglês teme racismo na Ucrânia e na Polónia

Sol Campbell
Foto
Sol Campbell Foto: Lee Besford/Reuters

O ex-internacional inglês Sol Campbell aconselha os adeptos a verem os jogos do Euro 2012 pela televisão. Em declarações ao programa Panorama, da BBC, o antigo defesa do Arsenal e do Tottenham deixa um sério aviso: "Fiquem em casa, vejam na TV. Não corram o risco... porque podem acabar por regressar a casa num caixão".

Campbell – que jogou 73 vezes pela Inglaterra e participou em seis grandes competições de selecções – decidiu falar sobre os receios de racismo na Ucrânia e na Polónia depois de as famílias de dois jogadores da selecção terem anunciado que não vão estar presentes na fase final do Euro 2012.

O irmão do médio Theo Walcott anunciou no Twitter que ele e o seu pai vão ver os jogos em casa por recearem "possíveis ataques racistas", uma decisão semelhante à dos familiares do seu colega no Arsenal Alex Oxlade-Chamberlain.

O documentário da BBC – que será transmitido esta segunda-feira – investigou casos de violência e racismo em jogos de futebol nos países organizadores do Euro 2012. Contém imagens de adeptos a fazerem a saudação nazi, a humilharem jogadores negros com cânticos e inclui ainda imagens de estudantes asiáticos a serem atacados no estádio do Metalist Kharkiv, que vai ser palco de três jogos na fase de grupos do Euro 2012.

Sugerir correcção