Fotogaleria
Astonishing X-Men 50
Fotogaleria
Marvel

A Marvel abençoou o primeiro casamento gay com um super-herói

No Astonishing X-Men #50 o super-herói Estrela Polar, nome real Jean-Paul Beaubier, pede em casamento o seu namorado Kyle Jinadu. A DC Comics também quer

Já está nas bancas a confirmação do primeiro casamento gay com a bênção da Marvel. No Astonishing X-Men #50 o super-herói Estrela Polar, nome real Jean-Paul Beaubier, pede em casamento o seu namorado Kyle Jinadu.

Entretanto, e na sequência do apoio de Barack Obama ao casamento de pessoas do mesmo sexo, também a DC Comics anunciou que um dos seus heróis vai revelar a sua orientação homossexual (já há apostas na Internet: Shazam ou Lanterna Verde?).

“A história de Jean-Paul e Kyle é universal e está no centro de tudo o que escrevo: um poderoso amor entre duas pessoas que têm que lutar por ele contra todas as probabilidades”, disse Marjorie Liu, argumentista deste número, desenhado por Mike Perkins.

Esta é mais um capítulo da Marvel que mistura “o mundo moderno com o universo de fantasia dos super-heróis” para contar uma história. O casamento deve acontecer no mês de Junho e realiza-se na cidade de Nova Iorque, onde o casamento entre pessoas do mesmo sexo foi legalizado em Junho de 2011 — e onde residem diversas personagens do universo Marvel.

“Os X-Men sempre estiveram um passo à frente e desta vez não poderia ser diferente”, esclareceu através de comunicado a Marvel, que já planeia o casamento desde Outubro. “Tentamos que as personagens e as relações entre eles tenham uma âncora na sociedade”, comentou Axel Alonso, editor da Marvel. Essa preocupação existe desde que a série X-Men foi criada em 1963 por Stan Lee e Jack Kirb.

O Estrela Polar surgiu pela primeira vez em 1979. Jean-Paul, atleta olímpico e empresário, assumiu-se como o primeiro super-herói gay em 1992, no número 106 da Tropa Alfa.