Futebol internacional

Adeptos do Bayern não perdoam Robben

Robben foi apupado pelos adeptos do Bayern
Foto
Robben foi apupado pelos adeptos do Bayern Foto: Michaela Rehle/Reuters

O seleccionador da Holanda, adversária de Portugal no Grupo B do Euro2012 em futebol, condenou o “tratamento escandaloso” a Arjen Robben no particular de terça-feira com o Bayern de Munique.

Robben, jogador do Bayern, mas que já está integrado nos trabalhos de preparação dos holandeses, foi apupado pelos adeptos do clube bávaro no jogo particular de terça-feira, que o clube de Munique ganhou por 3-2.

“Foi escandaloso o tratamento a Arjen [Robben]. Ele está abatido, mas espera sair desta situação mais forte”, afirmou o técnico da selceção, Bert van Marwijk, à agência de notícias holandesa ANP.

Os mais de 33.000 adeptos do Bayern que assistiram ao jogo particular com a Holanda vaiaram ruidosamente o jogador do clube quando entrou, pela selceção holandesa, aos 77 minutos do jogo.

Na memória dos adeptos continuava a grande penalidade falhada por Robben no sábado passado, no arranque do prolongamento da final da Liga dos Campeões em futebol, ganha pelo Chelsea no desempate por penaltis.

Antigo jogador do Bayern e capitão da Holanda, Mark van Bommel, também deixou duras críticas aos responsáveis do clube alemão.

“Entre os dirigentes do Bayern, nenhum mostrou vontade de apoiar Robben. No seu lugar, pensaria bem se queria continuar a vestir na camisola do clube”, afirmou o médio, que acaba de deixar o deixou o AC Milan para regressar ao PSV Eindhoven.

Wesley Schneider, médio do Inter de Milão, foi também outro dos internacionais holandeses que se juntou no apoio ao colega de equipa, deixando mesmo o convite a Robben (que renovou pelo Bayern há duas semanas, até 2015): “quando quiser, pode transferir-se para o Inter”.

A Holanda é uma das seleções que vai defrontar Portugal no Grupo B do Euro2012, juntamente com Alemanha e Dinamarca.

O encontro entre a Holanda e Portugal está marcado para a terceira e última jornada do agrupamento, a 17 de Junho.

Sugerir correcção