Futebol internacional

Manuel José deixa o Al-Ahly do Egipto

Manuel José vai deixar o Egipto
Foto
Manuel José vai deixar o Egipto Foto: Joe Klamar/AFP

O treinador português de futebol Manuel José anunciou, na sexta-feira, a sua saída imediata do clube egípcio Al-Ahly, alegando a situação difícil que se mantém no país.

“Este foi o meu último jogo com o Al-Ahly. Estou muito triste por sair, mas a situação é muito difícil no Egipto. Ninguém quer saber do futebol. Toda a gente fala de política”, disse o técnico aos jornalistas no final de um encontro particular com os espanhóis do Espanyol, em Barcelona.

O treinador, de 66 anos, adiantou que mesmo os jogadores não estão focados no futebol, devido à situação política e ao ambiente que os rodeia.

“Estas condições não me ajudam a fazer o meu melhor, pelo que decidi sair, antes de não conseguir aquilo que os adeptos do clube desejam”, disse o técnico.

Manuel José insistiu em dizer que sai com muita tristeza e que o seu desejo era terminar a carreira com o Al-Ahly, realçando ainda o apoio que recebeu por parte dos adeptos do clube durante os oito anos em que orientou a equipa.

Ao serviço do Al-Ahly, Manuel José conquistou oito títulos egípcios.

Na sexta-feira, o Al-Ahly perdeu por 2-0 com o Espanyol, um encontro denominado Copa Solidariedad 2012, que serviu de homenagem às vítimas dos incidentes verificados em Port Said no passado mês de Fevereiro, durante um encontro de futebol em que morreram 74 pessoas e 188 ficaram feridas.

Sugerir correcção