“A confiança é a mesma do primeiro dia”, diz Jesus

Foto
Jesus diz estar já a preparar a próxima época Foto: José Manuel Ribeiro/Reuters

“A confiança é a mesma do primeiro dia em que vim para este clube, ou seja, é máxima confiança. Estou na minha profissão com muita paixão e é isso que vou fazer este ano, para o ano e sempre, pois tenho uma paixão muito forte pelo que faço”, disse o técnico.

Jorge Jesus garantiu que já está a trabalhar em muitas questões de modo a que a 2 de Julho, data de regresso da equipa ao trabalho, estejam já “a maioria das coisas organizada”.

Sobre o que correu menos bem esta temporada para a equipa ter ficado aquém dos seus objectivos, o treinador explicou que essa análise só vai ser feita no final da temporada. “É uma questão vai ser analisada quando a época acabar com as pessoas responsáveis, como é normal em todas as equipas. Vamos analisar a época para percebermos o que fizemos bem e muitas das coisas que não fizemos tão bem”, referiu.

Jorge Jesus garantiu que os objectivos do clube da Luz vão ser os mesmos de sempre, ou seja, vencer, recusando comentar nomes de possíveis contratações para a próxima temporada. “Não vou comentar, pois todos os dias saem muitos nomes de possíveis reforços. Se me perguntarem se conheço o Ola John, conheço, pois jogou contra mim, mas conheço esse e outros. Faz parte do meu trabalho tentar conhecer a maior parte dos jogadores”, disse.

Chelsea e Gaitán

Questionado sobre qual o melhor momento da época, o técnico escolheu a segunda parte do jogo da Liga dos Campeões em Londres, frente ao Chelsea, pela “exibição que a equipa fez com menos um jogador”.

O treinador explicou também que alguns dos jogadores emprestados vão fazer a pré-época com a equipa principal, referindo que vai ser feita “uma selecção”, e garantiu que está preparado para a saída de algum jogador, como o caso do argentino Nico Gaitán. “O Gaitán tem contrato com o Benfica. Todos os anos tem sido normal o Benfica vender jogadores. Não me compete a mim fazer essa análise, o que me compete é potencializar os jogadores do Benfica. Sobre o Gaitán ou outro é algo que já estou preparado e habituado no Benfica”, defendeu.

O Benfica visita no sábado o Vitória de Setúbal, em jogo da 30.ª e última jornada da Liga. O treinador considera que, apesar de a classificação estar definida, a equipa deve ter “seriedade e profissionalismo” frente ao Vitória, sendo que Gaitán não deverá estar presente. “O Gaitán é provável que não volte a ser convocado, mas ainda tenho que conversar com ele. Estamos já a pensar na próxima época e, segundo o que temos vindo a fazer com o Gaitán, deve ficar de fora. Não vou responder a empresários, eu é que trabalho com o Gaitán todos os dias, eu é que sei”, referiu.