Declarações de Alexandre Soares dos Santos

Presidente do grupo do Pingo Doce diz que não soube da promoção do 1º de Maio

Foto
Foto: Enric Vives-Rubio

O presidente do conselho de administração do grupo Jerónimo Martins, que detém a cadeia de supermercados Pingo Doce, Alexandre Soares dos Santos, não teve conhecimento antecipado dos descontos de 50% no feriado do 1º de Maio.

“Não tive conhecimento” da promoção com descontos de 50% em todos os produtos nas lojas Pingo Doce, contou Alexandre Soares dos Santos ao semanário Sol.

Alexandre Soares dos Santos é pai do administrador executivo do grupo, Pedro Soares dos Santos, disse também que a Jerónimo Martins “não esperava nada disto” e que o que se passou “foi uma loucura”.

Sobre as críticas ao carácter ideológico desta promoção, por ter sido realizada no dia 1º de Maio, Alexandre Soares dos Santos diz serem ridículas. “Ideologia? Isso é ridículo. Tratou-se de uma promoção e de uma operação para fazer face à quebra de vendas. Não nos movemos por razões ideológicas.”

O director-geral do Pingo Doce disse, também ao Sol, que as lojas tiveram “cinco vezes mais clientes do que seria de esperar num dia normal” e que estão “seguros de que não há qualquer ilegalidade ou prática de venda com prejuízo nesta acção”.