FC Porto

Vítor Pereira: “Aqui não assobiamos para o lado”

Foto
Foto: Miguel Riopa/AFP (Arquivo)

Falou-se pouco do FC Porto-Sporting na conferência de imprensa de antevisão da penúltima jornada da Liga. Com o título na mão, o treinador dos “dragões” foi confrontado com o futuro, com as justificações dos rivais e com as críticas de que foi sendo alvo ao longo da época. E acabou por desvalorizar todas as questões.

“A vida tem sido justa comigo. Não me posso queixar. O tempo tem-me dado razão e a vida tem andado para a frente. Não me sinto magoado, sou campeão nacional no primeiro ano. Não me sinto injustiçado, as pessoas têm direito à opinião. Sei muito bem os passos que tenho”, resumiu Vítor Pereira, quando questionado sobre os efeitos das opiniões menos positivas ao trabalho que desenvolveu.

Entre agradecimentos à equipa técnica, aos jogadores e aos adeptos, o treinador que se sagrou campeão nacional no seu primeiro ano como técnico principal no Dragão sublinhou que “foi com todo o mérito que o FC Porto revalidou o título a duas jornadas do fim”. “O campeonato fechou com o melhor ataque e a melhor defesa do FC Porto. Isto são registos meritórios”, enalteceu.

Sobre a entrevista de Jorge Jesus ao jornal A Bola, e em particular sobre a referência à forma como as arbitragens terão impedido o Benfica de chegar ao título, Vítor Pereira foi sintético. “Aqui, estamos habituados a assumir as responsabilidades. Aqui não assobiamos para o lado. Foi assim que este clube ganhou tantos títulos nos últimos anos”.

Continuidade da equipa técnico “azul e branca” na próxima época? “Como considero que essa pergunta não tem sentido nenhum, não vou responder”. Está à espera de perder jogadores no fim da temporada? “A imaginar coisas não sou muito bom. Vejo tantos mundos virtuais que gosto de me agarrar à realidade. Neste momento tenho-os a todos”.

E é com eles que vai atacar o jogo de sábado, o clássico frente ao Sporting. Mesmo com o título já assegurado, Vítor Pereira promete não facilitar. “Para nós é um jogo importante. Vamos encará-lo com a mentalidade de quem quer ganhar mais uma vez e provar todos os dias competência e qualidade”, vincou. “Estou à espera de um Sporting motivado pela campanha que fez na Liga Europa, mas focado nas nossas qualidades, no nosso futebol. Acredito que assistiremos a um bom jogo”.