Futebol

Jorge Jesus: "Sem os casos de arbitragem, o Benfica teria sido campeão"

Foto: José Manuel Ribeiro/Reuters
Foto
Foto: José Manuel Ribeiro/Reuters

Em entrevista ao jornal A Bola, o treinador do Benfica fez já um balanço sobre a época dos "encarnados", que se aproxima do final. Jorge Jesus reconhece que a aposta forte na Liga dos Campeões prejudicou a performance na Liga, mas foi aos eventuais erros de arbitragem que atribuiu a maior responsabilidade pela derrota na prova.

"Se fizer as contas em relação aos pontos perdidos nesses jogos, com os erros cometidos, faz toda a diferença. São erros que valem o campeonato. Aqui temos de jogar não apenas contra a equipa adversária, temos de fazer sempre muito mais, porque fazer o suficiente não chega", afirmou o técnico, concretizando: "Sem os casos destes jogos e de outros, não tenho dúvidas de que o Benfica teria sido campeão".

No entender de Jesus, porém, esta não é a única explicação para a derrapagem dos "encarnados". Se fosse hoje, o treinador admite que teria poupado mais a equipa na UEFA para apostar no campeonato. "Teria, efectivamente, colocado menos ovos na Champions. Não por não termos um plantel suficientemente forte, mas porque a nossa vantagem na Liga não era suficientemente confortável para fazer o que fizemos", admite.

A continuidade da actual equipa técnica também foi um dos temas abordados e Jesus foi peremptório quando confrontado com a possibilidade de poder rumar ao FC Porto. "Isso nunca foi assunto. A única coisa que quero do FC Porto é ganhar-lhes. Quem alcança o topo não pode ambicionar descer", assinalou, garantindo que, "se fosse por uma questão financeira, teria saído em Janeiro para o estrangeiro".

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações