Futebol nacional

Académica vai jogar de luto pela “morte” da verdade desportiva

De luto
Foto
De luto Foto: Sérgio Azenha

A equipa de Coimbra anunciou que vai jogar de “luto” em Alvalade, com o Sporting, pela “morte” da verdade desportiva, em jogo que encerra a 28.ª jornada.

Luís Godinho, vice-presidente da Briosa, disse à agência Lusa que o clube já efectuou o pedido à Liga para entrar em campo com o equipamento todo de branco e uma braçadeira preta, em protesto contra o que está a acontecer no futebol português.

“Vamos entrar de luto para que a tutela veja o que se está a passar e apurem as suas responsabilidades”, explicou o dirigente, numa alusão à situação da União de Leiria, que, no domingo, entrou em campo com oito jogadores para defrontar o Feirense, concorrente directo do emblema de Coimbra na luta pela permanência na Liga.

Para Luís Godinho, “é óbvio que se o Leiria tivesse jogado com 11 jogadores, em vez de oito, e tivesse atletas no banco, o resultado com o Feirense poderia ter sido diferente”. “Se a equipa com oito futebolistas conseguiu estar 45 minutos sem sofrer golos, era admissível que com 11 pudesse empatar ou ganhar”, enfatizou.

Segundo o responsável pelo futebol profissional da Académica, “quem de direito” não pode “assobiar para o ar”, quando está em causa a verdade desportiva. “Quem tutela o futebol tem de perceber que é grosseiro o que se está a passar. Não se pode permitir que isto aconteça”, sublinhou.

“Quem cumpre os requisitos não pode ficar prejudicado”

O vice-presidente da Académica exige medidas à tutela, embora saliente que o clube “não quer influenciar nada” e que reserva a sua posição sobre os últimos acontecimentos para os órgãos próprios. “Esta situação assim não pode ficar, porque está em causa a adulteração da verdade desportiva”, frisou Luís Godinho, salientando que quem cumpre os requisitos, como a Académica, não pode ficar prejudicado com a situação.

Para o responsável, os órgãos que supervisionam o futebol devem agir e não fingir “que nada se passa, só porque esta questão não afecta a decisão do título e nenhum dos três clubes grandes”. “Para nós é mais importante a manutenção, do que se calhar o título para o Benfica”, frisou Luís Godinho.

Depois de ter fechado a primeira volta no sétimo lugar, a Académica somou apenas cinco pontos na segunda metade do campeonato e, a três jornadas do final, está um ponto abaixo da zona de despromoção, mas com menos um jogo do que o Feirense.

A Briosa defronta o Sporting às 20h45 desta segunda-feira (TVI), em Alvalade, no jogo que encerra a 28.ª jornada da Liga.

Sugerir correcção