Futebol

Presidente da U. Leiria acusa jogador de ter fugido com seis mil euros

O presidente demissionário da SAD da União de Leiria, João Bartolomeu, acusou neste domingo o jogador maliano Keita de ter fugido com uma mala onde estavam seis mil euros.

"O senhor Keita apoderou-se de uma pasta com seis mil euros e fugiu”, disse João Bartolomeu, após o jogo em que a União de Leiria perdeu com o Feirense (4-0), na Marinha Grande.

Keita foi um dos nove jogadores incluídos pela equipa leiriense na ficha de jogo, mas acabou por não entrar em campo, onde estiveram somente oito futebolistas da União, incluindo dois juniores.

“Estavam seis mil euros numa pasta e ele fugiu. Equipado, equipado. Tinha um gajo à espera no carro”, acrescentou Bartolomeu, afirmando que esse dinheiro serviria para pagar "despesas inerentes ao jogo".

Os jogadores da União de Leiria têm entre três e cinco meses de salário em atraso, pelo que 16 deles enviaram na sexta-feira o pedido de rescisão unilateral de contrato.

Por isso, a equipa leiriense só teve oito futebolistas para defrontar o Feirense, jogo que perdeu por 4-0.