FC Porto

Adeptos dividem-se sobre continuidade de Vítor Pereira

Vítor Pereira
Foto
Vítor Pereira Marcos Borga/Reuters

Os adeptos que celebram na baixa o 26.º título de campeão do FC Porto reconhecem um desempenho da equipa de futebol aquém do esperado e dividem-se quanto à continuidade do treinador Vítor Pereira.

“O segredo (do título) foi a fraca qualidade dos outros adversários. Basicamente, foi isso. O FC Porto não esteve no seu melhor, mas venceu”, sentenciou Eugénio Fonseca.

O adepto revela dúvidas sobre Vítor Pereira: “Não tenho a certeza se continua, nem me parece que mereça. Pode ser um excelente técnico, mas é capaz de ser mau condutor de pessoas e por esse facto não sei se se vai manter no FC Porto”.

António Castro fala de uma época “com altos e baixos”, na qual o FC Porto “acabou por saber aproveitar, porque o Benfica também deslizou um bocadinho na parte final”.

“Embora tenha sido um bocado difícil, acho que somos justos campeões”, vinca, considerando que o treinador “não merece ficar”.

O sexagenário Manuel Ribeiro tem opinião diferente: “Vítor Pereira, que foi muito, muito criticado por toda a gente, inclusivamente por adeptos do FC Porto, foi um homem de coragem que pegou na equipa uma semana antes de começar o campeonato”.

“Pegou num balneário com diversos jogadores aborrecidos porque queriam ir embora e não deixaram. Em Janeiro, voltou a ter os mesmos problemas”, prosseguiu.

Vítor Pereira merece elogios: “Teve coragem, porque pegou numa equipa que tinha vencido tudo na época anterior. Qualquer treinador que viesse não faria o mesmo que Villas-Boas”.

“Sujeitou-se a ser criticado e, por isso, os meus parabéns ao Vítor Pereira e toda a equipa por mais esta vitória. Não sei se fica, nem estou preocupado. O meu presidente está lá para resolver o problema. Mas, merece ficar. Foi mais vítima do que réu”, completou, comentando um dos campeonatos “mais saborosos”.

Doroteia Domingos entende que Vítor Pereira “não é o treinador que a equipa precisa”, mas lembra que “pelos vistos, qualquer um consegue ser campeão no FC Porto”.

“(O segredo) foi a equipa em si. Toda a equipa. E depois, toda esta gente a ajudar”, concluiu.