Torne-se perito

Centenas de adeptos receberam Sporting em Alvalade

Energia "leonina" demonstrada em Bilbau estendeu-se a Alvalade
Foto
Energia "leonina" demonstrada em Bilbau estendeu-se a Alvalade Foto: Felix Ordonez/Reuters

Várias centenas de adeptos receberam de forma efusiva, nesta sexta-feira de madrugada, a equipa de futebol do Sporting, que se deslocou ao Estádio de Alvalade, após a viagem de Bilbau, onde falhou o acesso à final da Liga Europa, depois de perder, por 3-1, frente ao Athletic Bilbau, a segunda mão da meia-final da prova.

Apesar da derrota no estádio San Mamés, houve sportinguistas que aguentaram até às 3h20, hora a que a equipa “leonina” subiu ao relvado.

Os aplausos vindos das bancadas foram retribuídos por jogadores e equipa técnica, ainda que de forma tímida, numa clara demonstração de tristeza e desilusão por não terem alcançado o que seria a terceira final europeia do clube.

Já em fim de festa, o treinador dos “leões”, Ricardo Sá Pinto, aproveitou a ocasião para dirigir algumas palavras aos adeptos que se deslocaram a Alvalade.

“Boa noite, família sportinguista. Agradeço o vosso apoio. Independentemente de não termos conseguido conquistar o vosso sonho, temos de ter um enorme orgulho nesta equipa”, disse, rematando com uns “viva o Sporting”, para depois abandonar o recinto, juntamente com os jogadores e restante equipa técnica.

Do lado de fora do estádio, os adeptos mantiveram os festejos, sendo audíveis as buzinas dos automóveis que davam seguimento à toada sentida no interior do recinto.

Depois de ter ganho em Alvalade na primeira mão (2-1), a equipa portuguesa permitiu a recuperação da equipa basca, que se adiantou no marcador em Bilbau, com o primeiro golo do jogo marcado por Susaeta aos 17'. Porém, os "leões" deram a volta a esse resultado, que colocava os espanhóis na final, quase em cima do intervalo, com um golo do holandês Wolfswinkel, que empatou a partida aos 44'.

Quando se esperava pelo intervalo, o Athletic voltou a marcar, empatando a eliminatória. Marcou Ibai, aos 45+1'. Na segunda parte, o único – e decisivo – golo chegou a dois minutos do fim do tempo regulamentar. Marcou Llorente, estrela do ataque de Bilbau, que desempatou a eliminatória e apurou a sua equipa.

Os "leões" falharam o acesso à final, que irá disputar-se na capital romena, Bucareste, com duas equipas espanholas. Além do Athletic Bilbau, apurou-se para o jogo do título o Atlético de Madrid, que eliminou o Valência após ganhar na casa deste por 0-1.

Os madrilenos já tinham vencido na primeira mão (4-2), conseguindo assim confirmar a superioridade na meia-final desta prova, que conquistou em 2010, ano em que a Taça UEFA se transformou em Liga Europa.

Sugerir correcção