Fogo extinto uma hora depois do alerta

Lisboa: incêndio consumiu prédio devoluto na Rua do Telhal

Cerca de 40 bombeiros foram mobilizados para combater o incêndio
Foto
Cerca de 40 bombeiros foram mobilizados para combater o incêndio Foto: Rui Gaudêncio

O incêndio que deflagrou por volta das 13h num prédio que ocupa os números 57 a 63 da Rua do Telhal, em Lisboa, junto à Avenida da Liberdade, foi extinto por cerca de 40 bombeiros uma hora mais tarde.

O fogo está em fase de rescaldo. O incêndio “começou na cobertura do edifício” e quando os bombeiros chegaram ao local já tinha alguma dimensão, segundo informações avançadas ao PÚBLICO pelo subchefe dos Sapadores Bombeiros de Lisboa, Luís Pelengana.

O fogo obrigou a um reforço de meios, tendo sido mobilizados para o local dez viaturas de combate directo às chamas e cerca de 40 bombeiros. Uma das viaturas pertence aos Bombeiros Voluntários da Ajuda e outra aos Bombeiros Voluntários Lisbonenses.

Os bombeiros receberam o alerta às 13h06 e chegaram ao local três minutos mais tarde, dando o incêndio como extinto cerca de uma hora depois. As causas do incêndio ainda não são conhecidas, disse Luís Pelengana.

O vento que se fazia sentir espalhou o fumo e dificultou o combate às chamas, que eram bem visíveis do Jardim do Torel.

Notícia actualizada às 16h09
Sugerir correcção